5 motivos para assistir a série Outlander

Oi gente, tudo bem? Como vocês estão? Por aqui está tudo bem pensando em voltar a fazer academia agora que os dias estão quentes novamente. Quais são seus planos para o final do ano? Agora em novembro o canal Fox Premium fez uma ação de marketing liberando sua programação durante alguns dias. Conhecia algumas séries da época do lançamento porém dessa vez duas me chamaram atenção Riviera (com Julie Stiles) e Outlander. Vocês conhecem? Então continue acompanhando falarei um pouco sobre ela hoje.

Quem leu o post de indicação da série Busca de Identidad exibida pelo canal Globosat sabe o quanto curto e considero interessante histórias que tenham todo um contexto, que sejam bem escritas, que os personagens sejam bem construídos e que não fiquem “fios soltos” no decorrer da história.

Outlander é uma série com três temporadas até o momento e cada episódio depende um do outro portanto se deixar de assistir um perderá detalhes importantes. A série em si cativa por vários aspectos figurino, química entre os personagens, diálogos consistentes, um vilão que traz muita maldade no semblante, e o principal na minha opinião contexto histórico. Não sei vocês mas eu amo estudar história e relacionar os acontecimentos entre si. Era uma das matérias que mais gostava no colégio.

Outlander

O enredo

A história gira em torno de Claire e Frank um casal que esteve na segunda guerra mundial e para reacender o casamento viajam para a Escócia. Frank curioso para saber mais sobre seus antepassados estuda com afinco tudo sobre a Escócia. Ao ouvir sobre uma lenda de fadas que dançam entre as pedras e viajam no tempo Claire se sente atraída e vai até o círculo de pedras Craigh na Dun. O inusitado acontece ela se vê no ano de 1743. Isso mesmo 200 anos antes do seu tempo. Na primeira temporada ela vai precisar ser muito forte e tentar se adaptar a cultura machista que há no clã Mackenzie. Por um lado Dougal (tio de Jamie) acredita que Claire é infiltrada a serviço do exército inglês. Se não bastasse terá que fugir e provar a Black Jack que não é espiã.

Outlander

Os personagens

Claire (Caitriona Balfe)

É a atriz principal então toda a história gira ao redor dela. É o primeiro trabalho de Caitriona que acompanho e confesso que todo elogio é pouco. Cada cena, cada diálogo, em cada época, ela consegue trazer a emoção necessária. Um dos personagens femininos mais fortes que já vi em séries. Sabe o que quer, é decidida, não abaixa a cabeça diante da adversidade, luta pelo que acredita, e mesmo quando tudo parece perdido ainda consegue encontrar forças para seguir em frente.

Jamie (Sam Heugham)

Fico até sem palavras para descrever o Jamie. Quando estamos na época dele (1743) é como se estivéssemos realmente vivenciando tudo aquilo. Os castelos, as florestas, as trilhas, as músicas, as roupas, a cultura escocesa em geral. É um misto de admiração pelo ator, pelo contexto histórico e vontade de estudar ainda mais sobre esse período da história. Vocês conhecem a vestimenta dos escoceses? Sabiam que o traje foi proibido durante muito tempo pelo domínio inglês?

Outlander

Frank (Tobias Menzies)

O ator Tobias faz o papel de dois personagens Frank Randall (1945) e Jonathan Randall (1743). Frank é marido de Claire e Jonathan ou “Black Jack” é um dos comandantes no exercíto inglês e alimenta certos sentimentos contraditórios em relação ao Jamie. A atuação de Tobias nos dois papéis é tão incrível, ele se entrega de tal maneira, sentimos como se as cenas estivessem acontecendo de verdade o que nos leva a nutrir sem querer raiva por ambos os personagens.

Murtagh (Duncan Lacroix)

Murtagh é padrinho de Jamie acredito que não teria personagem mais amigo, companheiro e que pudesse contar todas as horas. Ele é valente, confia na capacidade de seu protegido e mesmo não entendendo algumas situações no início (como o segredo de Claire) sempre apoia Jamie. A transformação de Duncan no personagem e sua atuação estão impecáveis.

Outlander

Brianna (Sophie Skelton)

Brianna é filha de Claire e Jamie tem o cabelo ruivo mais lindo que já vi. No começo não acredita em toda a história que sua mãe lhe conta sobre as pedras, sobre a batalha de Culloden, sobre a vigem no tempo, porém com a ajuda de Roger vai aos poucos conhecendo mais sobre a época de seu pai.

Fergus (Romann Berrux)

Queria colocá-lo em primeiro lugar de tão incrível que é esse personagem. Romann tem apenas 16 anos mas atuou na série como gente grande. Nas primeiras cenas que aparece ele trabalha num “bordel” e faz uns pequenos roubos. Porém quando se torna ajudante de Jamie ele mostra o quanto pode ser eficiente, guardar segredos, ser leal e estar sempre ao lado daqueles a quem serve. Preciso dizer que os olhos claros dele é outra coisa que encanta as fãs (risos).

Outlander

Trilha sonora

Já compartilhei diversas vezes com vocês que assisto séries em outros idiomas para conhecer a cultura, conhecer outras histórias e sair da bolha de “Hollywood” a qual nos acostumamos desde criança. Vocês já viram uma gaita de fole? Ouviram o som? Fiquei apaixonada desde a primeira vez que ouvi. Além disso em algumas festas escocesas ao longo da série podemos ouvir músicas no idioma gaélico, ouvimos o Jamie falar com outros integrantes do clã Mackenzie e não podia esquecer da música de abertura Sky boat song que na realidade é um poema de 1892 e foi adaptado para a série. Ouça aqui.

Outlander

A fotografia

O que dizer da Escócia? Um dos meus sonhos desde criança sempre foi conhecer um castelo. Imaginava o calabouço, as cozinhas enormes, a quantidade de quartos, na minha cabeça de criança era tudo tão imenso. Hoje quando pesquiso castelos percebo que eles são ainda maiores. Já imaginou entrar num castelo do século XV, XVII? Parece tão mágico. Quando a série sai de 1945 que é mais próximo da nossa “realidade” e volta ao passado é como se estivéssemos dentro de um dos contos dos irmãos Grimm. Eles vivem em vilarejos, andam a cavalo, andam por meio de florestas, bebem água do rio, é cada cena de tirar o fôlego.

Outlander

As lições

Mesmo sendo ficção Outlander traz lições simplesmente inesquecíveis sobre ser fiel aos amigos, não se deixar vender por nenhum preço, traz um pouco de Suits quando o assunto é encontrar estratégias para derrotar os inimigos, sobre a importância de se unir a outras pessoas e lutar pelo mesmo ideal, dar uma segunda chance aqueles que nos magoaram e o mais importante da série creio eu seja sobre quanto o amor modifica e amadurece as pessoas. No início Claire ama Frank se sente culpada por não conseguir voltar para casa mas a partir do momento que se apaixona por Jamie ela é fiel, luta ao seu lado, faz o impossível pra que tudo dê certo.

Outlander

Ao longo da série vemos a evolução do relacionamento e o mais interessante é que podemos trazer muitas dessas lições para o nosso dia a dia. É preciso compreender, ter respeito, ensinar o que sabemos, apoiar mesmo não concordando, silenciar quando preciso e muitas outras que somente assistindo para perceber.

A série é uma das mais bem feitas que assisti nos últimos tempos. Aqui no blog já indiquei várias porém nenhuma nesse estilo e até me sinto orgulhosa de já ter visto todos os episódios para fazer esse post com carinho pra vocês. Se está buscando algo novo pra ver aproveite essa dica! Pra quem tem Netflix uma boa notícia as temporadas 1 e 2 já estão disponíveis. A temporada 3 está sendo exibida pelo canal Fox Premium.

Outlander

Curiosidades sobre Outlander

* Além de ser um grande sucesso na TV Outlander saiu dos livros, assim como Harry Potter, Divergente, Desventuras em série e outras obras de sucesso.
* Os livros foram publicados a bastante tempo pela Rocco mas hoje quem detém os direitos de comercialização é a Editora Arqueiro.
* A coleção conta com mais de 8 livros sendo que o primeiro deles A viajante do tempo foi escrito em 1991.
* A série é filmada na Escócia e muitas das instalações como castelos e fortes são reais e podem ser visitados pelos fãs (achei isso incrível).
* Após perder a batalha de Culloden os escoceses foram proibidos de usar o kilt (saiote masculino) por 100 anos, quem usasse poderia ser preso ou expatriado.
* A atriz Caitriona Balfe já recebeu 3 prêmios por sua atuação na série.
* Todos os fãs gostariam muito de conhecer Craig na Dun mas para nossa tristeza é um lugar fictício criado apenas para a série, inclusive aquelas pedras que aparecem na abertura são feitas de isopor (teremos que encontrar outra forma de conhecer o Jamie haha).
* Formar o casal Claire e Jamie não foi tão fácil. Sam Heughan fez o teste e conseguiu o papel porém encontrar a “Claire” foi bem mais difícil. Diversas atrizes fizeram o teste sem sucesso. Até que Caitriona deu vida à Claire Fraser.

Outlander

E aí, já assistiram? O que pensam sobre a série? Bem curiosa pra saber a opinião de vocês. Aguardo comentários hein 😉

Até o próximo post, Érika 

Acompanhe também nas redes sociais:
Facebook ♥ Instagram ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥ G+

Você pode gostar ♥
Loading Facebook Comments ...

14 Comments

  1. Luana Souza 13/12/2017 at 18:05

    Você não é a primeira pessoa que eu vejo elogiando essa série (conhece o canal da Tyta Montrase? ela vive falando a série e os livros por lá), e isso só aumentou um tantinho minha curiosidade para assistir, mas primeiro gostaria de ler os livros hehe. São uns calhamaços, né? Sério, a última coisa que eu preciso é uma nova obsessão, mas cm motivos mais que suficientes eu me sinto tentada haha.

    Adorei o post. Assim como todos que você faz, são sempre completinhos *-*

  2. Joana D'arc 23/11/2017 at 20:41

    Oi!!
    Eu adorei a dica 😀 não conhecia esta serie, parece ser bem interessante. Vou assistir com certeza!!
    Bjo

  3. Nati Rabelo 23/11/2017 at 07:28

    Já me convenceu a assistir! Hahahah
    To muito curiosa com essa série e foi bom saber um pouco mais sobre ela. E ela tendo uma fotografia linda que me salta os olhos, só me deixou mais encantada.
    Beijo

  4. Luly Lage 22/11/2017 at 21:15

    Gente, eu não posso ver uma série dessas enquanto ainda estiver em produção… Imagina ter que esperar dias pelo próximo episódio até saber se ela vai voltar pro século XX, como vai ser, quem vence as batalhas? Acho que ia pirar, hahahaha!
    Tenho várias amigas/conhecidas que assistem a essa série, mas nunca tinha lido realmente a fundo sobre ela. Eu adoro o sotaque escocês, deve ser lindo ouvir eles falando os diálogos com palavras antiguinhas…

  5. Marcinha Nunes 21/11/2017 at 21:36

    Esse post foi super completo sempre ouvi falar bem da série e você foi bastante detalhista sem contar spoilers só deu um gostinho para querermos assistir a série haha arrasou

  6. Isa Nonemacher 21/11/2017 at 19:21

    Tb sou apaixonada por história, principalmente pela 2ª guerra mundial. Também amo o universo de fantasias e as fadas me encantam muito. Juntar os dois num livro foi incrível e mal posso ver a hora de assistir a serie. Parece ser muito boa e envolvente.

    Beijos
    Isa Nonemacher

  7. Cidália 21/11/2017 at 18:40

    Olá!
    Comecei a assistir essa série e depois de alguns episódios, parei. Mas, agora, lendo seu post e os 5 motivos para assistir a série, vou voltar a acompanhá-la. Ou melhor, vou começar pelo início novamente!!
    Bjs

  8. Esther 21/11/2017 at 16:53

    Olá Érika, tudo bem?
    Olha, eu não tenho vontade de ler os livros pois são muitos, mas quero muito conferir a série. Eu até assisti o primeiro episódio, mas a falta de tempo, não me permitiu continuar. Gostei muito do post, não sabia de muitas dessas curiosidades e tudo isso só aumentou a minha curiosidade,rs.
    Beijos!

  9. eduardo 21/11/2017 at 14:52

    Adoro séries de época, assisto quantos possíveis, no meu curto espaço de tempo que reservo para este meu hobie predileto. Esta estrou na lista agora!

  10. Juliana França 20/11/2017 at 08:55

    Essa com certeza é um das séries que mais quero assistir! Adoro a cenografia.

  11. Stephanie Ferreira 19/11/2017 at 15:17

    Estou louca pra ver esta série, todo mundo falando o quanto é boa!

  12. Michelle Pereira 17/11/2017 at 21:50

    Oi oi!
    Menina, ainda não assisti essa série por falta de tempo, mas é tanta gente falando qie vou ter que abrir uma exceção! Isso de viagem no tempo me encanta!
    Fora seis comentários sobre a fotografia e a trilha sonora!
    Tá anotado e vejo em breve.
    Bj

  13. Girlady Bouvier 17/11/2017 at 16:49

    Outlander é com certeza uma das séries que eu me apaixonei mais rápido. Devorei as duas temporadas na Netflix por que eu precisava de respostas! Eu ficava me perguntando se eu conseguiria me virar naquele mundo, lidar com as normas sociais que hoje parecem quase bárbaras. E nem preciso dizer que Jamie Fraser estraga qualquer expectativa realista nos homens, né? hahahahahah Nessa temporada nova já sei que vou sentir muita falta de Lallybroch e do cenário escocês, como se o Jamie sem kilt já não fosse dor demais. Mas estou super ansiosa pelo que vem pela frente!

  14. Aninha 17/11/2017 at 16:20

    Eu não tenho palavras para descrever o tanto que eu amo essa série. Eu comecei a ler os livros e ainda não consegui passar do primeiro de tão denso que é (mais de 800 páginas). A primeira temporada é extremamente fiel, salvo alguns detalhes. Eu fiquei simplesmente encantada sobre como a produção da série conseguiu pegar toda a essência que a autora trouxe em sua escrita. Adoro todos os personagens, até mesmo o Black Jack, mesmo com toda sua crueldade. Os atores são excelentes!
    Seu post ficou maravilhoso, Érika!

Deixe um comentário