16 de junho de 2019

Oi gente, como vocês estão? Quem me acompanha aqui no blog ou pelo instagram (@corujageek) já me viu comentando diversas vezes que moro em Santa Catarina. Porém, antes de vir pra cá morava em Londrina no Paraná. Sempre me perguntam porque gosto tanto do Paraná e hoje vou contar 5 motivos para conhecer e AMAR esse estado tão receptivo ♡

Antes de conhecer e se encantar com o Paraná leia o Sobre aqui do blog. Lá conto um pouquinho sobre todas as cidades que já morei e a influência de cada uma na minha vida.

Uma das características do Paraná que mais gosto é como somos recebidos. Até conhecer meu namorado considerava Londrina cidade grande como Curitiba, aí ele me explicou que a região faz parte do “interior paranaense” isso nos rendeu boas risadas. Agora me sinto uma garota do interior haha

Paraná é minha casa

Mas, pensando bem é um daqueles sentimentos que aquecem o coração. Saber que tem um lugar que não importa quanto tempo passe sempre iremos considerar nossa “casa”, nosso “lar”. E realmente é como me sinto sempre que chego na Av. 10 de dezembro em Londrina. Primeiro porque é onde fica a rodoviária, segundo algumas quadras depois estamos no centro da cidade.

Pensar em Londrina sempre me traz lágrimas aos olhos. Não por tristeza mas saudades. Saudades da Catedral próximo à Avenida Paraná, saudades do Colégio Mãe de Deus onde quase estudei para ser freira (antes de ir para o convento em Curitiba), da UEL (Universidade Estadual de Londrina), o Bosque Municipal no centro da cidade, do Parque Ney Braga (onde acontece a Expo Londrina), de uma padaria que ficava perto da minha casa na Madre Leônia Milito onde sempre comia carolinas de doce de leite (as melhores do mundo!), e o ganhador de recordações o Lago Igapó.

Um lugar que me traz paz, tranquilidade e sensação de estar em casa é o Lago Igapó. Ver as pessoas caminhando pela manhã, andando de bicicleta, fotografar os prédios num espelho d’água, e o melhor de tudo sentar na grama e respirar o ar paranaense. Não tem sensação melhor no mundo.

Botas Cowboy

Além de tudo isso tem outras coisas características dessa região da terra vermelha. Somos carinhosamente chamados de pé vermelho. Motivo? A terra é tão vermelha que quando somos crianças ela encarde nossos pés e é difícil sair no banho (minha mãe que o diga hahaha).

Bom, pensei em trazer mais algumas coisinhas sobre a minha terra como os Rodeios, a Expo Londrina, o pôr do sol, passeios a cavalo e claro as músicas sertanejas que não podem faltar.

Rodeios

“O que, a Érika gosta de ver rodeios?” Não é tanto pelo rodeio e sim pela atmosfera. Pelo encontro das pessoas, pelo locutor, e um pouquinho para contar os segundos de cada peão em cima do touro. Se você nunca foi num rodeio experimente! Mas experimente no Paraná 😉

Botas Cowboy
Expo Londrina

É a maior exposição de Londrina. São duas semanas de muita agitação, turistas e negócios na cidade do café. No palco principal já estiveram Fernando & Sorocaba, Luan Santana, Bruno e Marrone, Jorge & Mateus, Gustavo Lima, Thaeme e Thiago, João Bosco e Vinicius, Marcos e Belutti, Paula Fernandes, Zezé di Camargo & Luciano e Munhoz & Mariano.

Botas Cowboy
Andar a cavalo

Quando eu tinha uns 13/14 anos fiz amizade com o irmão de uma amiga da minha mãe. Detalhe: ele estava se preparando para ser cowboy e participar de rodeios por todo Brasil. Foi com ele que aprendi um pouco a andar a cavalo numa fazenda perto de Porecatu (também no Paraná). Vocês não têm ideia o quanto tomar café colonial e andar pela fazenda é bom.

Pôr do sol

Foi com essa idade também que ganhei minha primeira câmera analógica. Foi amor à primeira vista. Eu amava levar os rolinhos de filme para revelar. Comecei a ter o olho crítico para a composição e surgiu meu amor pelo pôr do sol. Não importa se era perto de casa, na estrada, eu sempre buscava captar aquelas cores e deixar registrado.

Música sertaneja

Por último mas não menos importante as músicas sertanejas. Você ouve Érika? Sim!!! E AMO <3 Minha primeira lembrança ouvindo sertanejo tinha uns 8 anos. Meus pais ouviam Milionário & José Rico, Cristian & Ralf e outros dessa época. Lembro dos almoços nos finais de semana que os amigos do meu pai vinham em casa e tocava isso o dia inteiro. Depois foi fácil gostar de Victor & Leo 🙂

Um dos meus sonhos sempre foi ir à Expo Londrina a caráter camisa xadrez vermelha e bota. Mas nunca consegui fazer uma combinação legal haha Estava visitando o site Brasil Cowboy e vi que tem diversos modelos de botas uma mais linda que a outra. Dá até vontade de usar =)

Brasil Cowboy

Trouxe esses modelos de botas masculinas e femininas para vocês conhecerem. Além de botas eles ainda trabalham com cintos, fivelas, chapéus, bonés, tênis, coletes, luvas, camisas e calças. Conheciam a loja? O que pensam sobre o estilo country? Deixe seu comentário 😉

Botina Jácomo Masculina | Botina Made in Lida Onça

Saiba mais sobre a Brasil Cowboy seguindo o facebook, instagram, twitter e o canal no Youtube!

Até o próximo post, Érika ♡

Nos acompanhe nas redes sociais:
Facebook ♡ Instagram ♡ Twitter ♡ Pinterest

Erika Monteiro
Post escrito por Erika Monteiro

Descobri desde cedo quão incrível é o universo dos filmes, séries, livros e todo esse mundinho geek. Criei esse espaço para compartilhar experiências e trocar ideias.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

  1. Avatar

    Jennifer Garcia

    23 de agosto de 2019

    Nossa bateu uma nostalgia boa agora, em relembrar quando estive nas cidades de Maringá e Londrina. Seria um sonho de consumo poder morar nessas cidades rs.
    Fui somente em época de escola, excursão e tudo mais. E depois ir á passeio.
    Amei seu post.

  2. Avatar

    Soninha Oliveira

    23 de agosto de 2019

    Essa postagem me lembra um anime que eu gosto muito, que independente de tudo, nós temos um lugar para retornar, para chamar de nosso. Gostei muito , achei um lugar bastante bonito, principalmente a parte do por do sol, e ser mais natureza.

    bjão

  3. Avatar

    Paula Voyage

    23 de agosto de 2019

    No Paraná conheço apenas Curitiba, que é um charme – mas tem um inverno muito rigoroso pro meu gosto. hehe… Nunca fui a Londrina. Já ouvi outras pessoas falando bem tb. 🙂 Há tanto lugar legal pra conhecer na região sul, né? Tenho orgulho de ser sulista.
    Respondendo sua pergunta: eu AMO ESTILO COWBOY. Fui cidadã texana por uns anos, então adorava usar as modinhas do Texas, vestidos floridos com botas de cowboy, calça jeans com cinto cowboy e blusa xadrez… Eu tinha até chapéu de cowboy…

  4. Avatar

    Gustavo Cabral Barberá

    23 de agosto de 2019

    Conheço Curitiba e adorei viajar para lá. Desejo conhecer Morretes e fazer a famosa viagem de trem pela serra. Espero voltar um dia para fazer esse passeio.

  5. Avatar

    Relatos de um garoto de outro planeta

    23 de agosto de 2019

    Sempre tive vontade de viajar para o Paraná. A cidade de Curitiba parece muito bonita, por exemplo.

  6. Avatar

    Clayci Oliveira

    23 de agosto de 2019

    Ahhhh cresci no Paraná <3 Minha família toda é de lá e sou apaixonada por esse lugar. Morei em bandeirante por um tempinho quando era criança e sempre que posso apareço na região =) E AMO CURITIBA tb!

  7. Avatar

    Stephany Caroline

    23 de agosto de 2019

    Estou querendo conhecer o Paraná a algum tempo e já estou com suas dicas anotadas aqui, espero conseguir ir lá esse ano.

  8. Avatar

    Joana D’arc

    23 de agosto de 2019

    oi!
    O Paraná é um lugar maravilhoso e com diversos lugares lindos 😀 tenho muita vontade de passar uma ferias por lá 😉

  9. Avatar

    Patrícia Poltronieri

    23 de agosto de 2019

    Assim como a grande maioria ( imagino eu ) só conheço Curitiba. Não sou muito fã da cultura country e sertanejo, mas fiquei com curiosidade para conhecer mais lugares do Paraná, com certeza.

  10. Avatar

    Marcia Schorn

    23 de agosto de 2019

    O Paraná é belíssimamente turístico , conheço Curitiba e Morretes , sonho em retornar para desvendar mais dessa cidade.

  11. Avatar

    Patrícia Monteiro

    23 de agosto de 2019

    Que legal, quero muito conhecer o Paraná um dia, a região sul tem muitos encantos e esse estado tão simpático merece sempre ser visitado!

  12. Avatar

    Andrea Rodrigues

    23 de agosto de 2019

    Eu também morei no Paraná e o amor permanece, é um estado mágico.

  13. Avatar

    Karini Couto

    23 de agosto de 2019

    Tudo bem? Eu nem precisava desses motivos, pois quando eu conheci o Paraná eu amei demais. Faz anos não vou a nenhuma cidade do Paraná, mas estou para voltar a Curitiba para rever uma amiga querida em breve. Espero que dê tudo certo!

    Aprendi a curtir música sertaneja por causa do meu marido, mas ele não é do Paraná, ele é de Goiás, outra terrinha que amo. Conheço algumas cidades e espero que um dia consigamos sair do RJ para morarmos em Anápolis, que é bem mais calmo que aqui.

    Beijos.

  14. Avatar

    Luana Souza

    24 de junho de 2019

    Érika, olá! Você já sabe que eu quero muito conhecer o sul, tanto pelos cenários lindos, como pelo clima (quero um pouquinho do frio que anda fazendo por aí!). Gostei dos motivos que você citou no post. O Paraná é um lugar lindo. Sonho em conhecer Curitiba *-*
    Embora alguns dos “programas” que você citou não sejam bem a minha cara, é muito bom experimentar coisas novas, ainda mais quando se está num lugar diferente.
    beijos, chuchu :*

  15. Avatar

    Luly Lage

    23 de junho de 2019

    Eu só fiquei desejando as carolinas de doce de leite, meus olhos até brilharam!
    É muito especial nossa relação com o lugar que chamamos de lar, né? Mesmo que não seja o atual ou até que não seja o de origem, tem aquele especial pra onde voltar sempre faz o coração bater de alegria. Nunca fui ao Paraná, mas se for com certeza me lembrarei de você! Só rodeios que, realmente, sou super contra e não faço questão de conferir. Já fui em um e fiquei fora da arena, comendo e contando os segundos pra ir embora…

  16. Avatar

    Rebeca

    21 de junho de 2019

    Oii Erika! Tudo bem? Normalmente quando falam do Paraná na minha cabeça sempre vem Curitiba primeiro… Gostei muito dos pontos que voce levantou de Londrina e o rodeio e as musicas estão sempre em evidencia na mídia. Beijos