14 de agosto de 2019

Oi gente, tudo bem com vocês? Essa semana estive mais presente lá nos stories e achei bem legal a interação. Se ainda não segue fica o convite @corujageek Sempre que chega caixinhas por aqui mostro no instagram. Recebi o livro A sociedade literária e a torta de casca de batata em parceria com a Editora Rocco. É uma história simplesmente incrível vamos conversar sobre ele?

A sociedade literária é aquele livro gostoso de ler, que traz personagens carismáticos como Juliet Ashton, é baseado em fatos reais, além de trazer toda uma ambientação que nos remete à Ocupação alemã na Inglaterra entre os anos 1940-1945.

A Sociedade Literária
A história

A sociedade literária e a torta de casca de batata conta a história da escritora Juliet Ashton que vive em Londres. Durante a 2ª guerra mundial ela escrevia artigos humorísticos para um jornal. Terminada a guerra seu objetivo era escrever um livro. Ou seja, encontrar uma história que valesse a pena ser contada.

É isso que eu amo na leitura: uma pequena coisa o interessa no livro, e essa pequena coisa o leva a outro livro, e um pedacinho que você lê o leva a um terceiro. Isso vai em progressão geométrica – sem nenhuma finalidade em vista, e unicamente por prazer.”

Num dia qualquer ela recebe uma carta muito simpática de Dawsey Adams morador de Guernsey, Ilha do Canal. Na carta ele diz ser fã do escritor Charles Lamb e pede se possível que ela encontre outros livros e envie para ele. Devido à guerra é quase impossível encontrar livros. É assim que inicia uma linda amizade entre Dawsey e Juliet.

A Sociedade Literária
A sociedade literária e a torta de casca de batata

Quem acompanha o blog a mais tempo sabe que as capas sempre me conquistam antes mesmo da história com esse livro não foi diferente. Ter uma cartinha na capa fez toda diferença. Me fez querer saber mais sobre o livro na mesma hora.

Talvez haja algum instinto secreto nos livros que os leve a seus leitores perfeitos. Se isso fosse verdade, seria encantador.”

Desde adolescente cultivei o hábito de escrever cartas. As pessoas ligavam para as rádios e deixavam seus endereços e o locutor divulgava num determinado horário. Quem quisesse podia pegar o endereço e escrever. Era interessante porque antes mesmo de começar a se corresponder a única coisa que sabíamos era o nome da pessoa. E assim surgiam muitas amizades. Quando vi esse livro a primeira vez senti essa nostalgia.

A Sociedade Literária
Ocupação Alemã em Guernsey

Outro detalhe são os fatos históricos. Desde que fiz cursinho para o vestibular me interessei por História Geral. Aquela que estuda tudo o que aconteceu com todos os países. Logo no início do livro tem um mapa das Ilhas do Canal. Soube que Guernsey foi bombardeada e ocupada pelos alemães o que levou a ilha ficar sem mantimentos, roupas, comunicação, além de as crianças serem enviadas sozinhas para Londres.

Um editor não devia mandar apenas uma prova de um livro para uma livraria, devia mandar várias, para que os funcionários também pudessem ler.”

Esses dois pontos já ganharam meu coração. Conforme a leitura avança conhecemos os personagens dessa história incrível. A escritora Juliet Ashton, seu editor Sidney, sua melhor amiga Sophie e um carinho todo especial pelos moradores da ilha: Dawsey, Sra. Maugery, Isola, Eben, Eli, Mark Reynolds, Susan, Elizabeth e a pequena Kit. Que me conquistou desde a primeira aparição.

A Sociedade Literária
Guernsey, Ilhas do Canal

Sabe quando fechamos os olhos e conseguimos imaginar exatamente um lugar? Foi assim com os moradores de Guernsey. Consegui visualizar o mar, os rochedos, as galinhas, Kit embaixo da mesa falando baixinho, Eli esculpindo a madeira e criando lindas obras de arte, além do céu laranja depois do pôr do sol.

Pessoas que moram perto de água corrente são muito mais simpáticas do que as que não moram.”

No decorrer da história várias vezes fui ao Google pesquisar informações. Descobri que Charles Lamb realmente existiu (fev/1775 – dez/1834), que a ocupação alemã destruiu França e Inglaterra. E o mais interessante que Guernsey não é um lugar fictício, existe de verdade. Isso nos aproxima ainda mais da história.

A Sociedade Literária
St. Peter Port

Na segunda parte do livro Juliet desembarca em St. Peter Port para conhecer pessoalmente seus novos amigos. A recepção foi tão calorosa que me senti parte daquele grupo. Interessante pelas cartas é como se eles se conhecessem a uma eternidade.

A mente pode fazer amizade com qualquer coisa.”

Além da troca de cartas outro ponto que merece atenção é o surgimento da Sociedade Literária. E o mais engraçado porque escolheram “torta de casca de batata”. Nas cartas Dawsey vai contando à Juliet quem são os membros da sociedade, quais livros eles leram e como é a rotina na ilha.

A Sociedade Literária
A Sociedade Literária

Juliet demonstra interesse em conhecer mais sobre a vida daquelas pessoas e logo está recebendo cartas que todos os membros da Sociedade Literária. Até de uma moradora que não aprova muito o grupo haha (essa parte é engraçada) 🙂

O universo literário é algo fascinante. Reúne pessoas tão diferentes que no fundo buscam a mesma coisa: um bom livro para ler!”

Gostei de passear pelas ruas de Londres, conhecer Guernsey, estudar a história do lugar, e ainda assistir um lindo pôr do sol dos rochedos. Sem palavras para dizer o quanto me diverti com as cartas da Juliet. Ela é bem-humorada, sabe o que quer, e sempre está aberta para novas amizades.

A Sociedade Literária
Juliet e Mark Reynolds

Terceiro ponto que merece atenção é o relacionamento entre Juliet e Mark Reynolds. Pela troca de cartas é possível perceber que ele não apoia sua carreira. Quando ela decidiu ir à ilha buscar mais material para seu livro ele se mostrou irredutível chamando-a de tola. Segundo ele, Juliet deveria ficar em Londres e casar-se com ele.

Os homens são mais interessantes em livros do que na vida real.”

Como perceberam é uma história riquíssima. Une nostalgia, história, literatura, romance, amizades, viagens, e um grupo de personagens que nos conquista desde a primeira carta.

A Sociedade Literária
Minha opinião

Ao terminar a leitura me questionei: “por que demorei tanto pra ler”? Chorei lendo algumas cartas (quando alguém contava como a ilha tinha sofrido com a Ocupação alemã). Senti dúvida lendo outras (o que me fez pesquisar bastante). Porém me diverti muito lendo as cartas da Juliet. Por diversas vezes fui capaz de ouvir sua voz lendo do meu lado.

Sabe quando terminamos de ler e ficamos em dúvida se aquelas pessoas existem de verdade? Senti vontade de conversar com a Maugery. De conhecer a corajosa Elizabeth. De brincar com a pequena Kit. É um livro muito bem escrito. Se indico? Com certeza!

Achava incrível, e ainda acho, que tantas pessoas que passeiam pelas livrarias não saibam realmente o que querem comprar – elas só querem dar uma olhada nos livros, na esperança de encontrar algum que desperte seu desejo. E então, por serem espertas o suficiente para não confiar na conversa do editor, elas fazem três perguntas ao vendedor: 1 – O livro é sobre o quê? 2 – Você já leu? 3 – Achou bom?”

A história foi adaptada e está disponível no Netflix. Pensei em falar sobre ele aqui mas tenho muitos comentários, então farei um post especial somente sobre o filme ok?

Me contem, gostam de escrever cartas? Estudar história geral? Viajar enquanto leem? Conheciam o livro? Assistiram o filme? Espero que tenham lido até aqui. Se ainda não conhecem Juliet, Dawsey ou Maugery vale a pena dar uma chance! 🙂

Leia também: Em um bosque muito escuro

Até o próximo post, Érika ♡

Nos acompanhe nas redes sociais:
Facebook ♡ Instagram ♡ Twitter ♡ Pinterest

Erika Monteiro
Post escrito por Erika Monteiro

Descobri desde cedo quão incrível é o universo dos filmes, séries, livros e todo esse mundinho geek. Criei esse espaço para compartilhar experiências e trocar ideias.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

  1. Avatar

    Ana Luz

    29 de agosto de 2019

    Olá, tudo bem?
    Nossa, deu pra entender bem do livro, por conta do que voce apresentou. Achei bem interessante e fiquei curiosa. Confesso que me apaixonei pela capa também!

    Beijo.

  2. Avatar

    Amanda Moresco

    28 de agosto de 2019

    Primeiramente, tuas fotos estão lindíssimas. E realmente, a capa faz um trabalho importante quando se trata de chamar a atenção do leitor, não? Não é “julgar o livro pela capa”, mas sim aquele primeiro estalo que surge em volta da cabeça, seguido de um “hmmm, pourquoi pas?” hahahha. Bem interessante o enredo e trocas de cartas <3 algo que deveríamos continuar fazendo, né? Mais uma das coisas que a escola não ensina hahaha

  3. Avatar

    Luana Souza

    28 de agosto de 2019

    Antes de mais nada eu preciso dizer o quanto suas fotos para esse post estão lindas e delicadas. As cartas amarradas com a renda, a caneca, e até a etiquetinha do chá… <3
    Sobre o livro, uma amiga minha viu o filme da Netflix e disse que achou minha cara. Não sabia da existência do livro, mas a premissa me soa tão encantadora que eu já estou interessada em conhecer a história. Que título mais poético *-*

  4. Avatar

    Luly Lage

    26 de agosto de 2019

    Meu Deus, Érika, estou enfeitiçada pela profundidade dessa história que você descreveu! Impressionante como um cenário triste e caótico pode trazer uma narrativa que causa tantos momentos de quentinho no coração… Me pareceu um livro absolutamente APAIXONANTE! E a capa me trouxe uma nostalgia gostosa, não só de cartas, mas porque tem um “quê” dos livros que eu lia na escola… Linda demais! Você captou a beleza dela muito bem nas suas fotos, com os elementos que remetem tanto à história quanto às cores… Amei a resenha!

  5. Avatar

    Aline Martins de Oliveira

    26 de agosto de 2019

    Olá! Fiquei curiosa sobre a história, gostei que tem muitas referências. A parte de se corresponder por cartas acho muito bacana e pela temática na segunda guerra, apesar de triste, passa grandes lições, sobre dar mais valor a vida e ao que temos. Quero assistir e ler, deve ser uma daquelas histórias que mexem muito com a gente.

    Bjoxx ~ Aline ~ ♥

  6. Avatar

    Beatriz Andrade

    25 de agosto de 2019

    Eu quero muito ler esse livro, eu assisti ao filme e fiquei completamente encantada com ele. Adorei ver a sua opinião sobre o livro e tenho certeza de que vai ser uma leitura que vai me agradar bastante.

  7. Avatar

    Jessica Oliveira

    25 de agosto de 2019

    Oi, tudo bem?
    Ainda não tive oportunidade de ler o livro, mas tenho muita vontade. Até porque o filme me encantou de uma forma que você não faz ideia. Adorei a sua resenha, muito bem escrita!

    Beijos.

    Books and Movies

  8. Avatar

    Luma Vieira

    25 de agosto de 2019

    Que legal! Gostei demais da sua resenha e o fato de você pesquisar sobre as coisas que foi encontrando no livro como a cidade e o personagem. Durante a adolescência passamos por uma experiencia de escrever cartas. Foi muito bacana. Porém na atualidade é muito complexa por que no mundo contemporâneo há uma certa impaciência e as coisas são mais imediatistas.

  9. Avatar

    Joanice

    25 de agosto de 2019

    Olá
    Eu também escrevia e vou voltar a escrever cartas porque amo demais escrever, porque treina minha mente (memorizar) e me aproxima dos outros.

    Esse livro deve ser um amorzinho e carregado de emoção.
    Vou assistir ao filme e depois adquirir o livro.

    Beijos

  10. Avatar

    Sara Kerolen Souza Oliveira

    24 de agosto de 2019

    Oiii tudo bem?
    Achei fofinho e fiquei bem curiosa com a história agora preciso do livro meu Deus a lista já tá grande , fiquei curiosa em como vai ser desenvolvido a trama. Adorei a resenha ela me deu mais vontade ainda de ler
    Bjs

  11. Avatar

    Denise Amaro

    24 de agosto de 2019

    Que livro lindo meu Deus *-* acho que eu sou que nem você , me apaixono muito pelas capas dos livros hahaha
    Quero muito ler esse livro, sua resenha ficou maravilhosa. Tem o filme 😮 já quero assistir também

  12. Milca Abreu

    Milca Abreu

    23 de agosto de 2019

    Nossa, que livro interessante!
    Amizades que se iniciam por causa de livros… muito amor!
    Com certeza vou procurar pra ler!

  13. Avatar

    Bianca Ribeiro

    23 de agosto de 2019

    ai mana eu só vi o filme, o livro ainda não consegui ler, apesar das inúmeras leituras coletivas que fizeram desse livro, ainda não deu tempo (ou isso é falta de vergonha na cara mesmo? fica a pergunta hahahahaha) mas o filme eu adorei, dei muita risada e me emocionei muito! Preciso ler o livro pra ontem. Amei sua resenha e suas fotos! E ah, comecei a te seguir no instagram tem pouco tempo, seu trabalho por lá é muito massa também <3

  14. Avatar

    Clayci Oliveira

    23 de agosto de 2019

    Eu só tive contato com a adaptação que saiu na Netflix e gostei da experiência.
    E queria ressaltar que fiz parte dessa época das cartinhas. Tinha uma estação de rádio no meu bairro e o locutor incentivava o envio. Fiz várias amizades naquela época hahaha, mas que se perderam com o tempo. Agora fiquei com vontade de dar uma chance para essa leitura. E SIMMM quero saber sua opinião sobre o filme <3

  15. Avatar

    Jéssica

    23 de agosto de 2019

    Eu gosto bastante da temática de guerra, pois aprendo muito. Eu não sabia da existência desse livro e me chamou muito a atenção, deve ser aqueles livros que você vai lendo e quer conhecer todos os personagens. Não curto muito ver o filme primeiro, mas dessa vez irei fazer isso, irei ver o filme e depois compro o livro.

  16. Avatar

    Bruna Virgínia da Silva

    23 de agosto de 2019

    Adorei a resenha! Acredita que ainda não conhecia esse livro? Gostei de saber mais sobre ele, a história me parece bem interessante, mas confesso que não costume ler livros como este. Acabo lendo bastante livros de ficção ou de auto conhecimento.

  17. Avatar

    PS Amo Leitura

    23 de agosto de 2019

    Antes de tudo: suas fotos estão divinas! Agora vamos lá rs. Eu ainda não li esse livro e também não vi o filme, mas eu fiquei super empolgada ao ler sua resenha. Parece aquelas histórias que conquistam o coração todinho, né? Gosto também de saber que o livro tem algumas cartas, pois é algo que curto muito durante a leitura. Enfim, quero ler o mais breve possível!

    Beijos,

  18. Avatar

    Andy

    22 de agosto de 2019

    Oi!
    Soube recentemente que o filme havia sido baseado em um livro e fiquei com muita vontade de lê-lo! Parece ser um livro com uma história inspiradora. Confesso que não curto muito a leitura através de cartas, mas as vezes abro uma exceção. Enfim, eu adorei o filme e como o livro deve ser mais abrangente e mais detalhado, espero curtir a leitura.

    Abraços,
    Andy

  19. Maria Luiza Silva

    Maria Luiza Silva

    22 de agosto de 2019

    Esse livro se tornou a minha leitura favorita do ano! Eu amei cada pedacinho dele, aprendi muito e me emocionei em várias partes. Me identifiquei bastante com as impressões que você teve com a leitura! Ainda não vi o filme, mas quero muito assistir <3

  20. Beatriz Andreade

    Beatriz Andreade

    22 de agosto de 2019

    Eu assisti o filme e fiquei encantada demais com a história, só fiquei sabendo que era uma adaptação muito tempo depois e estou louca para ler o livro, sei que vou ficar ainda mais apaixonada por essa história.

  21. Mari Barros

    Mari Barros

    22 de agosto de 2019

    Olá!

    Adorei toda a premissa desse livro, parece ser um dos livros que eu amaria e que me faria ler numa tarde! Adorei sua resenha e nem preciso falar das suas fotos.

  22. Ana Goulart

    Ana Goulart

    22 de agosto de 2019

    Oiiii,

    Eu não conhecia o livro, mas estou super curiosa para poder conferir! Adorei esta ideia de cartas e tal e quero muito saber o conteúdo delas (principalmente porque algumas te fizeram chorar) e também porque eu amo histórias com conteúdo histórico ou que se passaram em uma determinada época histórica. Espero poder conferir em breve, até porque eu também fiquei apaixonada por esta capa.

    Beijinhos…

  23. No Conforto dos Livros

    No Conforto dos Livros

    22 de agosto de 2019

    Olá!! 🙂

    Eu confesso que já ouvi falar do livro e da adaptação! Contudo, não fiquei particularmente curioso sobre eles.

    Que bom que apreciaste a leitura e ela te emocionou dessa forma com as cartas!

    Boas leituras!!! 😉

  24. Lilian Farias

    Lilian Farias

    22 de agosto de 2019

    As capas também sempre me conquistam primeiro, infelizmente, não li o livro, mas vi o filme e me apaixonei, apesar disso, sei que preciso do livro urgente. Na verdade, não sabia da existência do livro quando vi a adaptação…

  25. Raphael Martins

    Raphael Martins

    22 de agosto de 2019

    Sou que nem você com capas. Eu sei que dizem que não devemos julgar o livro pela capa, mas quando a gente passa em uma livraria e vê uma coisa linda dessas, não tem como não se interessar.

    Achei muito interessante a história e a sua resenha ficou bem completa. Principalmente por você ter pesquisado e descoberto que os personagens de fato existiriam!

    Vou dar uma chance para essa leitura. Beijos :3

  26. Viviane Dutra

    Viviane Dutra

    22 de agosto de 2019

    Oi Erika, eu também me apaixono primeiro pela capa. Achei este livro bem peculiar, mas a parte dos fatos históricos que me deixam com pé atrás na leitura, não curto muito porque normalmente não entendo. Mas para quem gosta, deve ser uma leitura maravilhosa. Eu também escrevia cartas quando era adolescente, trocava com uma colega e era muito legal.
    Bjos
    Vivi

  27. Ana Cláudia de Angelo

    Ana Cláudia de Angelo

    22 de agosto de 2019

    Sabe que lendo aqui fiquei pensando que como às vezes demoramos a ler materiais tão incríveis como esse! E parece que vc viveu isso com essa obra! Que material maravilhoso da literatura! E que resenha! Amo histórias que envolvam romances e amizades! Parabéns pelo lindo trabalho! Bjs

  28. Adrielle Sauhzo

    Adrielle Sauhzo

    22 de agosto de 2019

    Erika, eu assiti o filme e achei incrível. Gosto muito da temática, ainda mais por explorar contexto histórico, por a narrativa trazer a amizade, a leitura e a viagem com um ponto mais central. É um livro que eu iria ler com certeza. Pela tua resenha e pelos detalhes já fiquei entusiasmada para comprar. Boa dica!

  29. Eduardo Moretti

    Eduardo Moretti

    22 de agosto de 2019

    Que resenha. Vou ter que ler rsrs Fiquei mega curioso com o enredo e com certeza verei a adaptação tbm. ❤

  30. Gustavo Cabral Barberá

    Gustavo Cabral Barberá

    22 de agosto de 2019

    Depois do que escreveu, não tem como não ficar com curiosidade de querer ler a obra na íntegra. Esse livro parece ser formidável e já desejo ler.

  31. Maria José

    Maria José

    22 de agosto de 2019

    Oi, eu gosto muito de livros que tragam um pouco da História e locais reais. Achei a trama super interessante quando fiquei sabendo do filme, e ao descobrir que havia o livro, fiquei ainda mais interessada em fazer a leitura.

  32. Alessandra Vieira

    Alessandra Vieira

    22 de agosto de 2019

    Que post incrível, tive a sensação de estar muito próxima da história e fico imaginando que o desejo de conversar com os personagens vai ser inevitável.
    Não conhecia o livro, nem a adaptação, mas vou correr atrás do tempo perdido.

  33. Andrea Rodrigues

    Andrea Rodrigues

    22 de agosto de 2019

    Eu adoro este livro, a delicadeza da história, a forma como ela envolve o leitor. É um livro que indico de olhos fechados.

  34. Leituraromancecafe Ale

    Leituraromancecafe Ale

    22 de agosto de 2019

    Fiquei surpresa em saber que temos esse livro escrito. A primeira vez que me deparei com este nome foi na Netflix, achei o nome do filme tão interessante que decidi assistir. Com toda certeza para aqueles que não conhecem é uma deliciosa leitura porque o filme foi muito fofo.

  35. Anne Ferreira

    Anne Ferreira

    22 de agosto de 2019

    Já quero ler esse livro! Menina, queria te parabenizar pelo capricho das fotos com o livro! Estou encantada com o seu olhar e cuidado na composição das fotos para ilustrar a postagem! Com toda certeza é o post de resenha de livro com as fotos mais lindas que já vi.
    Parabéns.
    beijos

  36. Karini Couto

    Karini Couto

    22 de agosto de 2019

    Tudo bem? Sempre ouço bons comentários tanto do livro quanto da série. Ainda não assisti e nem li. Mas quero.
    Está na minha lista!
    Beijos

  37. Avatar

    Yelloobow

    21 de agosto de 2019

    Livro interessante, especial por ter cartas, literatura e história. Não sabia que tinha adaptação então deve ser algo muito bom. Espero ler em breve.

  38. Avatar

    Alice Martins

    21 de agosto de 2019

    Olá Érika, tudo bem?
    Não sabia da existência do livro, só tinha ouvido falar da adaptação da Netflix, que inclusive não assisti ainda. Amei conhecer um pouco mais sobre essa história, principalmente por ela reunir duas coisas que simplesmente amo: histórias que se passam na Segunda Guerra Mundial e que tenham invasões, e cartas, que é uma das minhas paixões. Eu também já escrevi muitas cartas e ainda mantenho esse vício, que sempre foi cultuado. Seu post me deixou com muita vontade de conhecer o livro, e vou esperar seu review do filme, mostrando as diferenças de ambos. Arrasou!

    Beijos!

  39. Avatar

    Carol Cavalcanti

    20 de agosto de 2019

    Sempre fiquei curiosa com esse título e agora achei bastante interessante! Ao ler sua introdução senti também a nostalgia das cartas…
    E essa capa realmente é linda, fiquei com vontade de ter aqui comigo!
    Carol,

  40. Avatar

    Joyce

    19 de agosto de 2019

    Olá, esse livro já está na minha listinha há um tempão. Quero ler o livro primeiro para só depois assistir ao filme. Sua resenha ficou incrível, só me deixou mais ansiosa por essa leitura. Bjusss.

  41. Avatar

    Alice Lacerda Montiel

    19 de agosto de 2019

    Oiii Erika,

    Me envolvi completamente lendo tua resenha, parece que já meio que conheço os personagens, a história parece ser tão completa e cheia de detalhes e eu gosto muito quando traz fatos históricos. A capa tb está linda demais. Nunca tinha prestado atenção a esse livro, mas tua resenha me fez enxergar ele com olhos mais atentos, com certeza vou deixar a dica anotadinha pra quando surgir a oportunidade.

    Beijos, Alice

  42. Avatar

    Isa Santos (@leportraitdeisa)

    19 de agosto de 2019

    Nossa, parece ser um livro acolhedor! Como você também amei a capa.. e como você (novamente hihihi) amo história, até prestei o vestibular para tal, mas acabei escolhendo outro curso! O fato é que amo histórias aonde podemos entender mais sobre a guerra, como neta de ex combatente esse assunto sempre teve um cunho muito especial e emotivo para mim! Além disso amo cartas também, minha escola tinha um programa logo quando eu era criança que precisavamos nos corresponder com alunos de outras escolas da cidade e eu amava! Um livro cheio de nostalgia, com certeza vai para minha lista !

  43. Avatar

    Luna

    18 de agosto de 2019

    Este é um livro que ficou na minha lista de desejados durante um tempo, até que finalmente consegui comprá-lo. Não sabia bem do que se tratava o livro, apenas que era muito indicado e uma amiga me recomendou. Ela chegou a me enviar um trecho em que os personagens falavam das irmãs Brontë e isso era suficiente para me fazer querer o livro.rs
    Amo histórias nas quais os personagens amam ler! É por isso que estou assistindo Bom Sucesso, na Globo, por todas as referências literárias presentes na história e pelo personagem principal ser um editor completamente apaixonado por livros. Muitas cenas se passam na biblioteca particular dele. Amo muito!
    Vou ler este livro em breve, e sua resenha só me deu mais certeza de que vou amar perdidamente este livro! Quero conhecer a Juliet, seus novos amigos e as cartas divertidas e emocionantes trocadas entre eles.
    Bjs!

  44. Avatar

    Debora Sapphire

    18 de agosto de 2019

    Que post mais maravilhoso esse! Amei o seu capricho na criação da apresentação dessa obra incrível recebida. Eu adorei poder conhecer mais a respeito desse livro, que você recebeu em parceria com a Editora Rocco. O enredo dessa história, despertou o meu interesse e a minha curiosidade. Acredito que eu nunca tenha lido nada parecido. E saber que é baseado em fatos reais, além de ser capaz de nos arremeter a Ocupação alemã na Inglaterra, me intrigou muito. Muito interessante. Achei ótimo poder conferir a sua opinião a respeito também. Muito obrigada por esse ótima dica! Já está mais do que super anotada. Vou querer conferir por mim mesma, depois.

  45. Avatar

    Carol Nery

    18 de agosto de 2019

    Oi Erika!
    Eu participo de um grupo de Leitura Coletiva que leu há uns meses esse livro. Eu queria MUITO!!! Mas, não consegui encaixar na época. Todos falam tão bem, todos gostaram tanto… eu me sinto perdida em meio a tantos comentários bons.
    Sua resenha foi mais um pontapé para minha decisão de conseguir ler o danado ainda nesse ano!!!
    Abraços

  46. Avatar

    Ana Caroline

    18 de agosto de 2019

    Olá, Erika.
    Essa temática de guerra sempre mexe com a gente, né? Eu pelo menos me emociono bastante quando leio algum livro que se passa em alguma das guerras que já aconteceram.
    Imagino que essas declarações nas cartas são bem emotivas, se você falou que chorou, com certeza irá acontecer o mesmo comigo.
    Não conhecia o livro, também achei a capa dele linda e a premissa interessante.

  47. Avatar

    Renata

    16 de agosto de 2019

    Ahhhhhhh esse é o meu livro favorito <3
    Assisti primeiro o filme e não via a hora de ler o livro, e caramba! Sensacional! Me emocionei também, em várias partes. E foi o empurrãozinho que faltava para eu entrar como mediadora de um clube de leitura.