1 de setembro de 2021

Oi gente, tudo bem? Quem me acompanha desde o antigo blog sabe o quanto sou fã da Bruna Vieira. Inclusive tenho alguns livros dela autografados. Conhecê-la pessoalmente foi um sonho realizado. E agora chega às livrarias Meu corpo virou poesia pela Editora Seguinte.

Quando decidi tornar meu blog literário lembro de participar de muitos eventos como feira de livros, tarde de autógrafos, leituras coletivas, foi assim que conheci muitos autoras incríveis inclusive a Paula Pimenta.

Bruna Vieira

Apesar de não ser adolescente na mesma época que a Bruna Vieira sempre gostei muito do seu estilo. Tínhamos tantas coisas em comum. Gostar de viajar. Fotografar. Contato com a natureza. Além de decoração. Sem contar que amava seu antigo blog.

Enquanto caio
e o vento me carrega,
eu vejo o céu
sinto o calor do sol
e o cheiro do mar.

Conhecer Bruna Vieira… Um sonho realizado

Em meio a tantos eventos literários as Livrarias Cutitiba promoveram uma tarde de autógrafos lá em Curitiba. Nem pensei duas vezes liguei para o shopping e pedi que guardassem uma senha pra mim (só podia ter os livros autografados quem tivesse senha). Comprei minha passagem e fui \o/

Surreal! Creio que essa palavra traduz tudo o que senti naquele dia. O lugar estava LOTADO! Confesso que nunca tinha visto tantas adolescentes juntas. Eu era um pouquinho mais velha do que elas mas me diverti igual ou mais do que elas de tanto que estava feliz.

Bruna Vieira

Sempre escolhem pessoas para fazer algumas perguntas. Mesmo tremendo levantei a mão. Não lembro o que perguntei e muito menos o que ela respondeu… mas lembro da emoção dela dizer meu nome. Isso não tem preço. Apesar de ser lançamento de um livro ela fez questão de assinar outros que tinha levado 💛

Eu me apaixonei
por todas as pequenas coisas
que tínhamos em comum
e que ninguém mais conseguia enxergar.

Entre livros e autógrafos

Bom, essa tarde de autógrafos já tem alguns anos. De lá pra cá a Bruna Vieira mudou muito. Foi morar em outro país. Fez intercâmbio. Ficou noiva. Construiu uma casa. Mudou de cidade. Ficou ruiva. E lançou Meu corpo virou poesia.

Confesso que fiquei surpresa pelo anúncio da Editora Seguinte. Quem tem os livros mais antigos da Bruna sabe que todos foram publicados pela Gutenberg, inclusive Um ano inesquecível que será a mais nova adaptação do Prime Vídeo.

Meu corpo virou poesia

Quando recebi Meu corpo virou poesia senti um misto de sentimentos. Surpresa pelo formato do livro. Admiração pela arte da capa assim como os desenhos internos. E tocada por cada linha durante a leitura.

Achei um caderno antigo com frases incompletas
rabiscos de uma época em que eu, em voz alta, éramos nós.
Me perguntei em silêncio, enquanto a poeira flutuava,
quantas vezes será que usei a minha preciosa imaginação
para fantasiar uma outra versão de você?

Meu corpo virou poesia

Apesar de o livro ser curtinho, 180 páginas, é de uma profundidade indescritível. Sabe quando sentimos que o autor está conversando com a gente? Foi assim que me senti em diversos textos. Talvez por já ter vivido algumas dessas situações.

A primeira característica desse livro é ser diferente dos anteriores escritos pela Bruna Vieira. Meu corpo virou poesia é cheio de pequenos poemas. Eles falam sobre mudanças, superação, términos, autoestima, coração partido e amadurecimento.

Eu não rabisco ou uso canetinha nos livros durante a leitura mas uso post-it. Posso dizer que esse ficou bem colorido pela quantidade de marcações e quotes que separei para compartilhar com vocês.

Hoje o pôr do sol me fez pensar
em quantos detalhes do mundo eu perdi
porque só tinha olhos para você.
E há indícios de que tudo o que eu vi ali
não passou de uma miragem.

Meu corpo virou poesia
“Nosso café agora é só meu”

Um dos mais marcantes (porque foram vários) foi “Nosso café agora é só meu“. Que fala da diferença de aproveitar certos momentos sozinha ou acompanhada. Se estamos com alguém nos preocupamos que esteja aproveitando a experiência tanto quanto nós.

Um exemplo disso é quando vou ao shopping ou livraria com meu namorado. Sempre fico na expectativa de ver os lançamentos, ver quais livros estão na vitrine, e quais expositores chegaram. Já meu namorado considera importante nosso momento do café e as guloseimas que iremos compartilhar. Engraçado não?

Esconderijo” é outro texto muito especial pra mim porque fala da importância de escrever, de transformar sentimentos em palavras, e como as pessoas nos conhecem um pouquinho mais pelo que escrevemos. Sempre gostei muito de escrever e sinto que é minha maneira de me expressar. Sinto um alento quando as pessoas compreendem minhas intenções.

O problema de viver muito no universo de alguém
é que você esquece proporcionalmente o tamanho do seu.

Bruna Vieira
“Luz”

Por fim, mas não menos importante, “Luz” veio reforçar uma lição que aprendi com a Lara Nesteruk. O amor é uma escolha. As pessoas vivem esperando o “príncipe encantado” e nessa busca cega deixam inúmeras oportunidades de viver um relacionamento incrível ao lado de alguém escapar pelas mãos.

Foi impossível selecionar apenas alguns quotes para fazer parte do post, mas pelos que trouxe espero que consigam sentir a grandiosidade e profundidade de cada frase. Espero que tenham a chance de ler e se encantar tanto quanto eu.

Agora me conta conhece a escrita da Bruna Vieira? Já leu algum de seus livros antigos? E quanto a Meu corpo virou poesia? Tem curiosidade em ler? Antes de ir deixe seu comentário!

Até o próximo post, Érika 💛

Nos acompanhe nas redes sociais
Facebook ♡ Instagram ♡ Twitter ♡ Pinterest

Erika Monteiro
Post escrito por Erika Monteiro

Descobri desde cedo quão incrível é o universo dos filmes, séries, livros e todo esse mundinho geek. Criei esse espaço para compartilhar experiências e trocar ideias.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

  1. Avatar

    Julianna Magdalena Terra da Silva

    14 de setembro de 2021

    Eu curti a proposta e acho interessante apesar de não curtir poesias. Vou dar uma chance! Beijos

  2. Avatar

    Thiarlley Valadares

    14 de setembro de 2021

    Eu vi a repercussão desse livro e, apesar de não gostar muito de livros de poesia, achei bem legal a proposta da nova obra da Bruna! Parabéns pela resenha!
    Beijos

  3. Avatar

    Ana Caroline Santos

    12 de setembro de 2021

    Olá, tudo bem? Estou com esse livro aqui em casa para ler, pois é uma aposta de leitura que quero fazer e quem sabe, assim começar a desbravar o gênero poesias e poemas. Nunca li nada da Bruna, apesar de saber da sua fama, das suas outras obras e títulos, então será minha primeira experiência. Bom que será algo mais maduro e que com certeza deve conversar com meu eu de hoje. Tenho expectativas de gostar. Excelente dica. Obrigada!
    Beijos

  4. Avatar

    Miriam Tonon

    12 de setembro de 2021

    Eu não sei onde eu estive esse tempo todo que nunca tinha ouvido falar na Bruna Vieira! Esse livro me despertou muito interesse, fiquei intrigada com “enquanto caio e o vento me carrega, eu vejo o céu…” senti uma tristeza enorme, e agora eu quero ler mais!

  5. Avatar

    CRIS

    11 de setembro de 2021

    Oi!
    Não conhecia essa autora, mas adorei a capa desse livro.
    Acho maravilhoso quando conhecemos o autor, fico empolgada quando fico sabendo de novos livros lançados e quando recebo livros autografados, isso é sinal que apesar das coisas difíceis estão conseguindo se manter. Adorei sua resenha e sua alegria ao ler o livro, você transmitiu muitos sentimentos, parabéns, Obrigado pela dica, bjs!

  6. Avatar

    Pollyanna Campos

    9 de setembro de 2021

    Olá, tudo bom?
    Conheci a Bruna na época em que ela ainda tinha só o blog e acho incrível a forma como ela amadureceu desde então. Esse livro em especial me surpreendeu muito. Achei linda a forma como ela externalizou todos os sentimentos advindos com tantas mudanças na vida dela. Adorei conferir sua opinião, as fotos ficaram lindas!
    Beijos!

  7. Avatar

    Gisele

    9 de setembro de 2021

    Oi Érika, tudo bem ?
    É muito legal quando rola toda essa identificação e quando a gente cresce junto com o autor, cantor ou seja quem for.
    Gostei muito de saber sua relação com a Bruna e tbm de que virá um filme na Amazon, não tinha idéia.
    Acho bacana ver essas meninas “das antigas” que tinham bons conteúdos ainda trazendo bons produtos a tona.
    Beijos

  8. Avatar

    Bianca Ribeiro

    7 de setembro de 2021

    Oi Érika!

    Eu ainda não li esse livro, na verdade, eu só conheço o trabalho da autora por conta das redes sociais mesmo, mas eu vi alguns stories mostrando o livro por dentro e achei ele muito bonito. Eu gosto de poesia mas eu preciso estar no clima pra ler esse tipo de livro, eu sempre fico pensando sobre os poemas por um bom tempo, acho que por isso não tenho lido muita poesia ultimamente, porque tô procurando fugir da minha realidade HAHAHAHAHAH
    Adorei as fotos e o post, ficou perfeito!!

  9. Avatar

    Cidália

    6 de setembro de 2021

    Olá, Érika,
    Ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro da Bruna Vieira, mas ao ler o seu relato sobre a escrita da autora e ao saber da sua emoção ao conhecê-la, fiquei com vontade de ler “Meu corpo virou poesia.” Amei os quotes selecionados!

    Bjs!

  10. Avatar

    Paloma

    6 de setembro de 2021

    Oie minha linda! É tão bom estar perto de autores que amamos. Posso imaginar a emoção de conhece-la.
    Achei o livro muito bacana, amo poesia e livros que nos “faz sentir” .

    Quero muito ler, amei as quotes que separou.

    Beijos,
    Paloma Viricio

  11. Avatar

    Joana D’arc

    6 de setembro de 2021

    Oi! Eu adorei a sugestão de livro 😀 a capa é linda, ainda não li nada da Bruna. Amo poesias e já quero ler 😉

  12. Avatar

    Priscila Martinez

    5 de setembro de 2021

    Nunca li nenhum livro da Bruna, mas eu lembro que amava demais o blog dela. Eu achava muito legal tudo que ela escrevia, já estou louca para ler esse livro dela, eu já amei. bjs

  13. Avatar

    renir fonseca

    4 de setembro de 2021

    Que resenha incrível, dispertou meu interesse para ler esse livro.

  14. Avatar

    Lucimar da Silva Moreira

    4 de setembro de 2021

    Pela sua resenha o livro é muito fofo, é interessante que há poemas, ainda não li nada da autora, porém gostei muito de conhecer essa obra da autora, anotado a dica bjs.

  15. Avatar

    Ingrid

    2 de setembro de 2021

    Já amei esse livro e já quero ler. Parece ser ótimo! Adorei sua resenha 💛

  16. Avatar

    Caroline Silva

    2 de setembro de 2021

    Eu acompanhava a Bruna anos atrás como blogueira, mas nunca me interessei pelas obras.. gostei da resenha, obrigada pela dica 😉