Em um bosque muito escuro – Ruth Ware

Oi gente, como vocês estão? Aproveitaram bastante o final de semana? Aqui em Santa Catarina está friozinho ainda. Lembram quando postei sobre A mulher na cabine 10? Foi a melhor leitura de 2019 até agora. Gostei tanto da autora Ruth Ware que pesquisei outros livros publicados no Brasil pela Editora Rocco. Descobri Em um bosque muito escuro. É sobre ele que vamos conversar hoje.

Pela sinopse já percebemos que a história será bem dinâmica. E que algo não faz sentido pelo menos para Lee nossa protagonista. Após receber um e-mail misterioso ela cogita não responder mas sua curiosidade é bem maior. É aí que tem início a busca pelo verdadeiro motivo daquele convite.

Bosque Escuro
A história

Lee (Leonora ou simplesmente Nora) é escritora de romances policiais que vive em Londres desde que se formou. Quando mais nova deixou para trás o namorado (James), os amigos, a escola e decidiu ter uma nova vida. Aquelas pessoas não deveriam mais fazer parte da sua vida. 10 anos depois recebe um convite por e-mail para a despedida de solteira de Clare.

Estou correndo.
Corro em um bosque iluminado pelo luar, com galhos rasgando minha roupa e prendendo os pés nas folhagens rasteiras amassadas pela neve.
Espinhos ferem minhas mãos. Minha respiração queima a garganta. Dói.
Tudo dói.”

Sua melhor amiga, a garota mais popular do colégio, e quem sabia grande parte de seus segredos mas com quem perdeu contato a bastante tempo. Por que o convite? Por que apenas para a despedida e não para o casamento? Por que durante todos esses anos nunca um convite para tomar café? São as respostas para essas perguntas que Lee tenta descobrir sozinha olhando para a tela do computador enquanto decide se aceita ou não o convite.

Bosque Escuro
Em um bosque muito escuro

Antes de decidir ir ou não à despedida de solteira de Clare, Lee telefona para Nina e pergunta se ela recebeu o convite. Nina acha estranho principalmente porque ela também perdeu contato com Clare após a faculdade. Ambas acham aquela situação inusitada porém Nina deixa claro que irá apenas se Lee for junto.

Um convite inesperado. Um único final de semana. Uma casa de vidro no meio da floresta. Um grupo de desconhecidos. O que poderia dar errado?

Bosque Escuro
A casa de vidro

Lee e Nina decidem ir à despedida de solteira de Clare, afinal a curiosidade é maior do que o receio de não ir ou o trabalho de ter que explicar à Florence sua ausência.

As duas pegam a estrada com destino ao interior de Londres. Ao chegar conhecem Florence (ou Flo como gosta de ser chamada). Ela é a organizadora da despedida de solteira. Mas algo parece não se encaixar. Lee e Nina não conseguem imaginar como Clare seria amiga de alguém tão peculiar como Flo. Em que momento da vida Clare mudou tanto?

Ela é a alegria em forma de ser humano. Está mais empolgada com as atividades do final de semana do que a própria Clare. Para completar o grupo foram convidados Tom (amigo que Clare conheceu no teatro) e Melanie também colega de faculdade.

Bosque Escuro
O grupo está formado…

O grupo agora estava completo: Clare, Lee, Nina, Melanie, Tom e Flo. Seria a despedida de solteira mais animada que Florence já tinha organizado. Tem pizza, bebidas à vontade, e para animar a primeira noite teremos o jogo “eu nunca”.

O jogo consiste numa pessoa dizer “eu nunca” fiz algo e quem já fez bebe um copo de tequila. Várias rodadas depois Nina com seu humor ácido diz “eu nunca”… dormi com James. Isso foi suficente para trazer à tona muitos dos fantasmas que Lee tentava esquecer. Como pode depois de tantos anos ela ainda ser apaixonada por ele e sentir-se magoada? Ainda mais agora que descobriu que o “noivo” de Clare é justamente o grande e único amor de sua vida.

Sábado é dia de tiro ao alvo. O que Flo estava pensando quando selecionou todas essas atividades? Parece qualquer coisa menos uma despedida de solteira. Mesmo assim todos tentam entrar no clima. À noite o que temos? Tábua de ouija acreditam? Vamos invocar os espíritos? Depois de muitas perguntas enfim aparece uma palavra que assusta a todos: assassinato! :O

James está de volta…

Será que alguém escreveu? Será que foram os espíritos? Ou alguém do grupo está querendo assustar e tornar essa despedida mais sombria? Nesse clima todos vão dormir. Porém de madrugada alguém entra na casa. Será um assalto? Todos saem de seus quartos e vão para o corredor. Flo com a espingarda em punho, quando percebem o movimento na escada não pensam duas vezes e atiram no invasor.

Após ligar as luzes qual não é a surpresa! O “ladrão” é James. Mas o que ele está fazendo ali? Não há tempo para perguntas ou respostas porque ele foi baleado e não tem chances de viver a menos que seja levado ao hospital. Onde está Clare? Quem vai chamar uma ambulância? Lee não acredita no que vê à sua frente. Enquanto tenta estancar a ferida só ouve James dizer “sinto muito, me perdoe”. Mas ela não consegue compreender.

Bosque Escuro
Já é segunda-feira…

Lee acorda e se percebe numa cama de hospital. Seu corpo todo dói. Seus olhos estão roxos. O que aconteceu? Cadê James? Clare? Nina? Por que tem uma policial na porta do quarto? Aos poucos Lee vai descobrindo que James morreu. Clare está internada. Tom e Nina estão num hotel e não podem voltar a Londres antes de prestar depoimentos. E Flo? Está completamente traumatizada com tudo o que aconteceu. Jamais imaginou que uma simples festa acabaria daquele jeito.

Mas de que jeito? Lee não consegue se lembrar de nada. Ao ser interrogada pela polícia percebe que o trauma a fez esquecer tudo o que aconteceu nas últimas horas. A polícia agora considera a morte de James assassinato. Mas será que Lee é culpada? Será que ela será presa?

Em um bosque muito escuro havia uma casa muito escura;
E na casa muito escura havia um quarto muito escuro;
E no quarto muito escuro havia um armário muito escuro;
E no armário muito escuro havia um… esqueleto.”

A polícia investiga todos que estavam na casa durante o final de semana. A pergunta é “se Clare irá se casar com James por que convidar Lee sua ex-namorada”? Neste momento Lee percebe que é a principal suspeita da morte de James mesmo sem lembrar de tudo o que aconteceu no dia anterior.

Quando Lee percebe que pode ser presa por algo que ela não fez decide fugir do hospital e buscar a verdade nem que isso signifique voltar à casa de vidro e reviver tudo o que aconteceu nos últimos dias. Será que ela matou James por ciúme? Será que foi por vingança? É preciso correr contra o tempo para descobrir a identidade do assassino e lembrar o que está por trás de sua amnésia momentânea.

Bosque Escuro
Minha opinião

Quem me acompanha pelo instagram (@corujageek) percebeu o quanto elogiei A mulher na cabine 10. Uma das melhores leituras desse ano. Fui muito surpreendida pelo enredo e conclusão da história. Porém Em um bosque muito escuro apesar de ser um suspense trouxe uma justificativa um tanto “fraca”. Até o meio do livro a autora é detalhista semelhante Gillian Flynn em Garota Exemplar.

Mas depois que “descobrimos” o que aconteceu de fato a história se torna meio óbvia. Talvez seja porque leio muito esse gênero então foi fácil entender todas as pistas que a autora deixou no decorrer da história. Depois já sabia os próximos passos. Mesmo assim foi uma leitura agradável e indico para quem curte o gênero e a autora.

Bosque Escuro

Pesquisei na internet e no site da Rocco e esses são os únicos livros da Ruth Ware lançados no Brasil pela editora. Na Amazon você encontra outros dois mas são em inglês. Vale a pena se quiser conhecer mais obras. E vocês, já conheciam a autora? Já leram A mulher na cabine 10 ou Em um bosque muito escuro? Qual deles prefere? 🙂

Já assistiram a nova temporada de La casa de papel? Consegui maratonar em um dia e ainda estou abismada com tantas coisas que aconteceram em poucos episódios. Em breve compartilho com vocês o que achei.

Leia também: Para sempre Perdida

Até o próximo post, Érika ♡

Nos acompanhe nas redes sociais:
Facebook ♡ Instagram ♡ Twitter ♡ Pinterest

Loading Facebook Comments ...

18 Comments

  1. Avatar
    Tahis 15/08/2019 at 21:09

    Olá!
    não conhecia esse livro e nem a autora, fiquei mega curiosa com essa história, esse mistério todo. Esse ano estou na vibe de suspenses e já quero ler esse livro. Verdade, mesmo sabendo das coisas eu fico louca para continuar a história rs’ já quero esse livro! ótima resenha, linda as fotos!
    beijos!

  2. Avatar
    Luana Souza 14/08/2019 at 23:23

    Eu gosto dos seus posts porque você é bem detalhista, deixa a gente imerso na história e com vontade de ler hehe. Esse livro parece ter um enredo muito bem construído e amarrado. Quando o post acabou eu desejei que ele durasse mais um pouco só para eu saber o que mais iria acontecer…
    Suas fotos estão cada vez mais lindas <3

  3. Avatar
    Delmara Silva 08/08/2019 at 21:07

    Olá,
    Ainda não li nada dessa autora, mas como sou apaixonada pelo gênero não posso deixar uma dica como esta passar, não é mesmo? Gostei bastante de suas considerações e acredito que terei uma boa experiência com a história, e quanto a obviedade, acho que não terei problemas, já que mesmo lendo histórias do gênero com uma certa frequência, raramente consigo desvendar o mistério no decorrer da trama kkkk
    Abraços!

  4. Avatar
    Malu Silva 07/08/2019 at 09:26

    Ah, é uma pena quando temos uma expectativa sobre um livro de uma autora que já lemos antes, e de repente ele não é tão bom quanto o livro anterior. Você fez uma comparação do livro ao estilo de escrita da Gillian Flynn, e o interessante é que essa “decepção” aconteceu comigo com livros dela! Eu amei Garota Exemplar, mas já Objetos Cortantes eu achei bem fraco.
    Queria dizer ainda que amei muito essa resenha e a forma como você dividiu ela! E as fotos estão lindas e aconchegantes <3

  5. Avatar
    Jéssica 06/08/2019 at 22:33

    Me manda uma mensagem e me conta quem matou, por favor. haha Não conhecia esse livro, mas já coloquei esse post nos favoritos pra comprar o livro futuramente.
    Sobre La casa de papel, também maratonei em um dia e chorei muito com algumas cenas, to é pasma com essa maravilha.

  6. Avatar
    Luna 05/08/2019 at 10:35

    Eu nunca li nada da autora, mas como sou apaixonada por suspenses e sua resenha está maravilhosa, fiquei louca para ler este livro! Não gosto muito quando um suspense é óbvio demais, porém existem histórias que valem a pena apesar disso. É o caso de A Viúva, um romance policial que li recentemente. Desde o princípio eu já tinha desvendado tudo, mas o livro era incrível e foi muito bom continuar lendo-o.
    Eu fico muito curiosa para saber o que de fato aconteceu naquela noite e por que Lee perdeu a memória! Parece que tudo foi planejado desde o início e quero entender os motivos. Por isso irei ler!

    Bjs!

  7. Avatar
    Antonia Isadora de Araújo Rodrigues 01/08/2019 at 00:39

    Olá Érika!!!
    Eu posso dizer que já fiquei arrepiada só com um dos quotes desse livro que me deu um frio na espinha. Eu não leio muito desse gênero, mas uma vez ou outra coloco algum nos livros que quero ler por achar a história interessante e ficar com vontade de conhecer mais um autor e esse é o caso agora.
    Uma pena o livro não ter sido tão surpreendente como o outro, mas isso muitas vezes acontece em relação a um autor que curtimos.
    Adorei a resenha e a dica já está anotada!!!

  8. Avatar
    Camila - Leitora Compulsiva 30/07/2019 at 23:13

    Oi, Erika.
    Não sabia sobre esse outro livro da autora! Ainda não consegui terminar a leitura de A Mulher na Cabine 10, mas se gostar, é bem capaz de também querer ler esse, mesmo com esse final meio óbvio! Quando a gente começa a ler muitos livros do gênero, as histórias começam a parecer meio óbvias e fáceis de descobrir mesmo! Rs…
    beijos
    Camis

  9. Avatar
    Carol Nery 29/07/2019 at 23:03

    Eu tenho muita vontade de ler o livro que você tanto gostou. Tenho ele no Kindle, inclusive. Ele sempre me instigou a curiosidade. E você falando novamente nesse post, reacendeu a chama.
    Achei a trama desse livro do Bosque um tanto interessante. Mas, já fiquei na dúvida, já que você achou o final um tanto fraco. hahahaha Se sou influenciável? Um pouco. Entretanto eu sei também que posso ler e gostar bastante. Gosto é uma coisa de louco. hahahaa
    Parabéns pela resenha tão cuidadosa. Abraços

  10. Avatar
    Carol Cavalcanti 28/07/2019 at 22:39

    Bem diferente essa história, despedida de solteira, casa de vidro… Fiquei curiosa.
    Ainda não li nada da autora, mas fiquei interessada. Vou colocar na minha lista de desejos!
    Beijos

  11. Avatar
    Liv 28/07/2019 at 16:47

    É uma pena quando o autor desaponta, mas é bom saber que a autora tem outros livros mais surpreendentes. Fiquei bastante curiosa em relação ao livro apesar de tudo porque parece ser um livro bem fácil de ler.
    Abraço,
    Liv

  12. Avatar
    Debora Sapphire 28/07/2019 at 15:22

    Adorei saber que essa foi a sua melhor leitura de 2019 até agora. É maravilhoso quando uma obra da autora dá tão certo pra gente, que já saímos pesquisando mais obras dela lançadas pela editora. Eu não conhecia nenhuma obra da Ruth Ware, então gostei bastante de conhecer essa.

  13. Avatar
    Aruom Fênix 28/07/2019 at 11:39

    Fiquei intrigada com a resenha, eu não costumo ler suspenses mas estou tentando me aproximar do gênero, fiquei bem curiosa para saber como essa história termina, e já vou ver sua resenha sobre o primeiro livro da autora que você leu !

    Bjs Aruom Fênix

  14. Avatar
    Hanna Carolina Lins de Paiva 28/07/2019 at 10:54

    Oi Erika, eu não li nenhum dos livros da autora, mas estou bem curiosa por eles. Estão na minha lista de desejados, mas tem que esperar um pouco até que eu leia pelo menos um aparte dos que estão na fila aqui… rsrs
    Esse livro tem um mistério incrível, mas acho que sou como você, já leio tanto livro desse gênero, que as pistas ficam meio óbvias demais para mim… kkk
    Bjks!

  15. Avatar
    Ana Caroline Lima Espindula 27/07/2019 at 15:51

    Olá!

    Sua resenha do outro livro da autora me deixou imensamente curiosa, ele tem feito bastante sucesso e já está na minha lista de leituras.
    Uma pena o suspense desse ser tão óbvio, a trama até que conseguiu me chamar a atenção, porém esse detalhe me deixou com um pé atrás. De qualquer forma, se eu gostar de A Mulher na Cabine 10, irei fazer um esforço para ler este.

  16. Avatar
    Ana Caroline Santos 26/07/2019 at 11:58

    Olá, tudo bem? Fiquei surpreendida em saber que tinha outros livros da autora lançado por aqui!? Fiquei ÇSHÇHÇ isso porque nunca li nada dela, mas ouvi falar muito bem desse. O gênero encaixado é meio fora da minha zona de conforto, admito, mas sempre tive curiosidade pelo mesmo. Sua resenha me deixou curiosa sobre, apesar das ressalvas de obviedade, e quem sabe futuramente eu me arrisque a ler. Adorei a resenha e as fotos!
    Beijos,

  17. Avatar
    Larissa Dutra 25/07/2019 at 12:34

    Olá, tudo bem? Não li nenhum dos livros da autora ainda, mas tua resenha me deixou bem curiosa para ler este. É uma pena que ao lermos tantos livros do gênero o desfecho se torne óbvio, isso acontece comigo por ler muitos romances, hehe. Como não costumo ler livros desse gênero, acredito que eu iria ser surpreendida, pois não iria descobrir antes. Adorei a dica!

    Beijos,
    Duas Livreiras

  18. Avatar
    Aline Martins de Oliveira 25/07/2019 at 10:53

    Olá! Eu nem fazia ideia do que se tratava esse livro, já tinha visto ele por aí, mas não sabia que era um suspense. Achei a premissa maravilhosa, e entendo quando você diz que num certo ponto da história, já sabia tudo que ia acontecer, porque quando a gente lê muito um estilo, acaba pegando certos detalhes e descobre mesmo. Mas gostei muito da dica, e vou adicionar os dois livros dela na lista de leitura!

    Bjos – Stalker Literária

Deixe um comentário