17 de maio de 2021

Oi gente, tudo bem? Aproveitaram o final de semana? Fiquei of alguns dias para adiantar as leituras. As vezes funciona. Consegui terminar Apenas um dia essa edição linda cor-de-rosa da Editora Arqueiro. Já conhecia Se eu ficar da Gayle Forman mas não imaginava que esse fosse me surpreender tanto.

O motivo número um que me fez escolher essa leitura foi pela história envolver viagem. Quem me conhece pelo menos um pouquinho sabe o quanto AMO viajar. Ainda mais se o roteiro envolver a Europa. Um dos meus sonhos é conhecer a Inglaterra, Escócia e Irlanda. Quando descubro livros que envolvam algum desses países já coloco na minha lista.

Se você está pensando que a história é só isso devo alertar que não. Confesso que iniciei a leitura pensando se tratar apenas de uma garota fazendo excursão pela Europa, conhecendo um rapaz e fim. Mas fui surpreendida de várias maneiras. Assim como em Se eu ficar a autora consegue transformar uma simples história de amor em algo mais profundo, além de trazer muitas lições.

Apenas um dia
Apenas um dia

Allyson acabou de se formar no ensino médio e como presente de formatura ganha uma excursão pela Europa. Viagem essa que abrange diversos países. Porém, devido a greve na França os alunos não poderão ir a Paris (lugar que ela mais queria conhecer).

Numa noite Allyson e Melanie (sua melhor amiga) fogem de uma apresentação de Shakespeare num teatro e vão assistir uma apresentação ao ar livre de Noite de reis. É nessa apresentação que conhece “Sebastien“. No dia seguinte elas precisam arrumar as malas para ir embora então aquele rapaz ficará apenas na lembrança.

Ficamos ali durante o restante do passeio, balançando as pernas na lateral da barca, escutando as risadas e a música de Paris que volta e meia escapa para dentro do túnel. Parece que a cidade guarda seus segredos ali, acessíveis apenas aos que decidem escutar.❞

Porém, quando as amigas pegam o trem para Londres quem Allyson encontra? Sim, Sebastien. Mas ela descobre que seu nome verdadeiro é Willem. Ele está voltando para a Holanda onde mora. Ao lhe contar que seu sonho é conhecer Paris ele a convida para viver uma aventura. Passar apenas um dia em Paris, ele será seu guia. Mesmo receosa Allyson aceita.

Será loucura viajar com um completo desconhecido? E se ele for um psicopata? Ou quiser seus órgãos? Se for um cafetão? Ou quiser levá-la para o Oriente Médio? Ou ainda quiser roubá-la? Mesmo com todas essas dúvidas Allyson aceita o convite e decide se arriscar. É assim que inicia a aventura.

Apenas um dia
Paris

Logo que chegam a Paris Willem procura sua amiga Cèline que trabalha numa boate para que possam deixar ali as malas. Sua amiga é bonita e logo desperta o ciúme em Allyson. Porém ele diz serem apenas amigos. Após saírem da boate eles começam o passeio a pé pelas ruas da movimentada Paris.

Willem e Allyson fazem um passeio de barco, andam de bicicleta, entram numa briga com os skinheads, tomam banho de chuva, jantam num restaurante aconhegante, admiram obras de arte numa ocupação e por fim passam a noite juntos. Na manhã seguinte ao despertar cadê Willem? Ele simplesmente desapareceu. Allyson entra em pânico e não sabe o que fazer.

Willem pega a mochila e confere os horários da Eurostar. Tira meu relógio do pulso. Neste momento, percebo que ele está me devolvendo o tempo, o que na verdade significa que o está tirando de mim.❞

Sem dinheiro, sem falar francês e sem saber onde está o que é pior, tem a ideia de pedir ajuda à orientadora da excursão. Após explicar tudo um táxi vai buscá-la e a deixa na estação de trem. Allyson retorna à Londres. Mal consegue encarar Melanie após contar tudo o que houve. Elas voltam aos EUA e tentam pôr uma pedra em tudo o que aconteceu.

Gayle Forman
De volta aos EUA

As aulas da universidade começam. Melanie embarca para New York, já Allyson viaja com destino a Boston. Por mais que fique evidente que Willem só se aproveitou de sua inocência, ela custa acreditar nisso. Ela defende que uma pessoa não conseguiria fingir ser algo durante tanto tempo. Quanto mais pensa nisso mais seu coração se despedaça.

Allyson não consegue ir bem na universidade, não consegue fazer amigos, e pior tem brigado cada vez mais com seus pais. Quando a orientadora a chama para uma conversa pensa que será seu fim. No entanto, Gretchen Price oferece uma saída. Trocar sua grade de matérias. No início sente-se cética quanto às mudanças até assistir a primeira aula de Leitura dramatizada de Shakespeare.

Apenas um dia
Minha opinião

Quem já se apaixonou de verdade sabe o quanto certos sentimentos podem ser dolorosos, ainda mais quando não somos correspondidos ou a pessoa simplesmente some de nossas vidas. O fato é há muitos que não conseguem se recuperar. Essa ferida não cicatriza. Qualquer lembrança é como se tirássemos a casquinha e sangrasse novamente.

Há relacionamentos que duram semanas, meses, anos. O tempo não determina a intensidade dos nossos sentimentos. Podemos viver uma semana ao lado de alguém e significar uma vida inteira ou vice-versa. A importância que damos torna algo marcante ou não.

Estamos nadando separadas agora. Entendo isso. Talvez seja necessário, para subirmos de volta à superfície. Mas quem sabe? Talvez, um dia, a gente consiga sair da água, dar as mãos e pular outra vez.❞

Namorei durante uns 6 meses um rapaz na universidade. Apesar de ter passado no vestibular e fazer faculdade eu ainda era muito imatura e o relacionamento terminou sem direito a segunda chance. Doeu durante muito tempo. Mas aconteceram tantas coisas ao longo do caminho, amadureci, conheci outras pessoas, e hoje é apenas mais uma lembrança.

Depois de muito tempo chorando, magoada, e questionando o motivo de tudo aquilo Allyson usou toda sua força, tristeza, ou decepção para mudar tudo. Aceitou as mudanças na grade curricular, começou a fazer aulas de francês, encontrou um trabalho, fez novos amigos e decidiu segurar as rédeas da própria vida.

Superação

Para alguns esse processo é rápido, para outros é mais lento, e há quem nunca consiga deixar o passado para trás. Vivem assombrados pelos fantasmas de outras vidas. A questão é decidir qual caminho queremos trilhar. Concorda?

Além disso, a autora traz à tona temas como crescer e se afastar dos amigos de infância, suprir as expectativas dos pais quanto aos estudos ou carreira, pré-julgamento sem conhecer as pessoas de verdade, pedir ajuda quando necessário, a importância de tomar as rédeas da própria vida, quando nos abrimos ao universo sempre aparece alguém disposto a ajudar, e o quanto certas amizades são poderosas e podem transformar nossas vidas.

A história em si permite refletir em várias direções. Se fosse escrever sobre tudo o que senti durante a leitura, sobre todos os pontos que chamaram atenção continuaria falando até amanhã (risos). Mesmo parecendo simples num primeiro momento a autora permite uma experiência intensa ainda mais avaliando os personagens de maneira individual.

Ele dá de ombros, como se dissesse “claro, por que mais?”. A essa altura, realmente não tenho mais o direito de me surpreender com a bondade e a generosidade de ninguém, mas, mesmo assim, me surpreendo com aquilo. Nunca deixo de me maravilhar.❞

Curiosidades

Não poderia deixar de mencionar o quanto a obra é rica e cheia de referências. Nunca tive tanta curiosidade em ler Shakespeare ou assistir uma de suas peças encenadas após a leitura de Apenas um dia. Algumas das peças teatrais citadas no livro são Como gostais, Noite de reis, Romeu e Julieta, Hamlet, Sonho de uma noite de verão, Macbeth, Henrique V, Conto de inverno, Cymbeline, Medida por medida. Nem preciso dizer que fiquei desejando viajar para Londres e assistir alguma delas.

Gayle Forman ainda escreve sobre a cultura dos judeus, a importância dos feriados em família e traz o Sêder de Pessach que é um jantar judaico que recorda a história do Êxodo e a libertação do povo de Israel. Também aprendi sobre O dia da marmota (risos) esse bichinho tem o poder de prever a duração do inverno. Allyson é fã de filmes assim como eu então há uma lista imensa no decorrer da história.

Este livro faz parte de uma duologia. O segundo livro conta a versão de Willem o título é Apenas um ano. Assim como vocês também estou bem curiosa para saber porque ele desapareceu sem deixar rastros. Será que ele ama Allyson? Será que depois de tanto tempo eles ficarão juntos? Só lendo para saber 🙂

Agora me conta… já leu algum livro da Gayle Forman? Qual seu favorito? Qual sua teoria para o que aconteceu com Willem? Deixe seu comentário!

Leia também: Uma garota de muita sorte

Até o próximo post, Érika 💛

Nos acompanhe nas redes sociais
Facebook ♡ Instagram ♡ Twitter ♡ Pinterest

Erika Monteiro
Post escrito por Erika Monteiro

Descobri desde cedo quão incrível é o universo dos filmes, séries, livros e todo esse mundinho geek. Criei esse espaço para compartilhar experiências e trocar ideias.

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

  1. Avatar

    Julianna Magdalena

    22 de junho de 2021

    Olá! Eu não sei se teria a mesma coragem que Allyson em aceitar um convite de um desconhecido, mas confesso que viajar especialmente pela Europa é fabuloso e muito especial. Amei a resenha, e com certeza essa leitura me cativou. Beijos

  2. Avatar

    Mulher Virtuosa By Vany

    21 de junho de 2021

    Que resenha mais boa de ler. Eu gosto muito de livros que tenha viagem tbm. Nao conhecia o livro e nem Gayle mas fiquei bem curiosa para ler. Obrigada pela sugestão. As fotos estão lindas demais.

  3. Avatar

    Alice Martins

    28 de maio de 2021

    Olá Érika, tudo bem?

    Sou completamente apaixonada pela escrita da Gayle, e meu livro favorito dela é “Eu estive aqui”, que foi uma obra que me envolveu muito quando li e que amei. Ainda não li essa duologia dela, mas tenho muita vontade, pois sempre vi muitos elogios positivos. Sua opinião a respeito apenas aumentou a vontade de ler e espero ter a oportunidade em breve. Arrasou demais no post, amei!

    Beijos!

  4. Avatar

    Minda

    28 de maio de 2021

    Não conheço nem o livro nem a autora, mas gostei do enredo, fiquei curiosa e com vontade de ler esse livro, já está anotadinho aqui… 💙

  5. Avatar

    Julianna Magdalena

    27 de maio de 2021

    Oiii! Confesso que ainda não li nada da autor, apesar de já ter ouvido falar bastante nela. Amei a resenha e confesso que fiquei curiosa para ler, até porque amo histórias de viagens. Beijos 😚

  6. Avatar

    Caroline Silva

    27 de maio de 2021

    Adoro histórias de viagem também. Essa tem bastante enredo. Bom ficar off as vezes mesmo, pra focarmos 😉

  7. Avatar

    A miúda do campo

    26 de maio de 2021

    Olá tudo bem? Fiquei completamente apaixonada por esta história que dá vontade de ler de imediato e ainda nos faz viajar sem sequer sair do lugar simplesmente só por palavras.
    Adorei.
    Beijos 😚

  8. Avatar

    Isa

    26 de maio de 2021

    Olá, que delicia de resenha, eu também adoro livros que tenham viagem sempre me encanto e me pego viajando junto. Fiquei morrendo de vontade de ler, por sua resenha me pareceu muito interessante o livro 🙂

  9. Avatar

    Valéria

    26 de maio de 2021

    Rapaz.. pra ser sincera minha experiência com a autora não foi legal. Li um livro dela sobre garotas internadas numa clínica, algo assim… Foi tenso concluir arrastando mais que tudo xD
    Maaas acredito que esse dela que vc leu seja bem mais desenvolvido..a trama me parece ser mais instigante, sem contar o cenário europeu.
    Confesso que não sei se toparia ir com uma pessoa estranha. Ia morrer de.medo.
    Tschüss

  10. Avatar

    Cultura Pocket

    25 de maio de 2021

    Oi Érika,
    Ainda não li nada da autora, apenas vi a adaptação do livro Se eu ficar, mas gostei bastante. Espero poder ler, adorei suas considerações sobre a história e gosto bastante de enredos que girem em viagens. Amei o post e a dica.
    Abraços!

  11. Avatar

    Miriam Tonon

    25 de maio de 2021

    Já conhecia Se Eu Ficar e Pra Onde Ela Foi mas nunca procurei outras obras dela, após ler seu post fiquei com muita vontade de ler o livro pois sei que ela é capaz de mover o leitor de diversas maneiras.

  12. Avatar

    Paloma

    25 de maio de 2021

    Esse livro é muito bom! Amo os livros da Gayle. Li esse e apenas um ano e amei. Também li Se eu ficar e Pra onde ela foi. Todos no meu coração😚😚😚

    Beijos!!

  13. Avatar

    Andrea

    25 de maio de 2021

    Não conhecia a autora, mas a tua resenha me fez ficar com vontade de ler. Também adoro livros que envolvam viagens, e achei interessante os temas abordados, afinal, o período em que a protagonista vive é de sentimentos que borbulham de forma muito intensa.

  14. Avatar

    Letícia Guedes

    24 de maio de 2021

    Esse livro é simplesmente a minha cara! Meu Deus! Eu amo histórias que falam sobre superação e relacionamentos, seja com os outros ou com a gente mesmo. As curiosidades também parecem supercativantes, adorei tudo que você comentou sobre o livro, vou correndo procurar pra ler.

  15. Avatar

    Bruna

    24 de maio de 2021

    Mulher que resenha perfeita e completa. Parabéns!!!!
    Agora sobre o livro, não tenho interesse em ler, ele nunca me chamou atenção ou me deixou curiosa, sei lá e não foi por falta de oportunidade, pq assim com sua resenha já outras maravilhosas tambem e nunca tive vontade….

    bjs

  16. Avatar

    Bianca Ribeiro

    24 de maio de 2021

    Oi Érika!!

    Nossa eu vejo muitas pessoas falando super bem dessa autora mas eu mesma ainda não tive oportunidade de ler nada dela, mas quero corrigir isso o quanto antes!
    Esse livro parece ser lindo e eu também adoro viajar, acho que pode ser um ponto positivo pra eu ler esse livro logo HAHAHAHAHAHAH
    Adorei saber tua opinião e as fotos ficaram perfeitas <3

  17. Avatar

    Jacqueline

    24 de maio de 2021

    Oi, tudo bem ?

    Não conhecia está obra, mas confesso que encontrar ela de indicação foi uma grata surpresa, pois você apresentou tão bem o livro com essa resenha linda que não deixou dúvidas de que é uma ótima leitura. Outro ponto alto é a obra ser rica de referências. Das obras de Gayle Forman já tinha conferido o : Se eu ficar e colocado na lista o: O que há de estranho em mim.

  18. Avatar

    Camille

    24 de maio de 2021

    Eu adoro quando a obra tem referências literárias, ainda mais se for a Shakespeare. E, concordo, cada um tem o seu tempo, não só para questões sentimentais, mas para tudo. Adorei as suas considerações sobre o livro!

  19. Avatar

    Ivi Campos

    24 de maio de 2021

    Eu amo demais esse livro e fiquei mega envolvida no enredo, torcendo pra tudo dar certo. A sequência também é excelente, acho que ainda melhor que o primeiro, aliás, essa duologia ocupa todo meu coração.
    Beijos

  20. Avatar

    Open Kloset By Karina

    24 de maio de 2021

    Olá querida, tudo bem? Que Resenha incrível, adorei 🙂 Eu nunca li nada da autora, mas estou muito curiosa. Muito Obrigada!
    Bjs Karina

  21. Avatar

    Debora Sapphire

    23 de maio de 2021

    Olá, Érika! Eu gostei de conferir as curiosidades sobre a obra também . E eu lembro que quando li as referências de Shakespeare e o fato do livro trazer uma riqueza cultural tão grande, realmente chamou minha atenção. Enfim, é até nostálgico pra mim, porque faz tantos anos desde que li e pude me recordar de algumas coisas através do que contou aqui. Na época, acabei conhecendo o trabalho da Gayle Forman por causa desse livro. Lembro que pelo tema de viagens fiquei bem curiosa e me surpreendeu muito por ir além disso. Até cheguei a entrar em um curso de francês por causa de um dos livros.

  22. Avatar

    Leticia Rodrigues

    23 de maio de 2021

    Que resenha incrível, cheia de detalhes sobre a obra e adorei as curiosidades do final me deu uma sensação de proximidade com sua resenha e o impacto dela (a sua leitura).

  23. Avatar

    Joyce

    23 de maio de 2021

    Olá, eu estou louca atrás dessa edição rosa, ela tá linda. Também amo livros com viagens principalmente Escócia e Itália e quando tem comida então nem se fala. Eu só assisti o filme. Essa autora é uma das minhas preferidas.

  24. Avatar

    Carol Nery

    23 de maio de 2021

    Oi, Erika. Espero que esteja tudo bem por aí.
    Eu nunca li nada da autora. Apesar de um livro dela aqui em casa, que achei que poderia me interessar… Parece ter mais a ver com saúde mental.
    Também não fazia ideia alguma do que se tratava essa história. Jurava que era algo mais tendendo pro lado do sicklit. Pra ver como eu estava totalmente por fora.
    Deve ser uma obra muito interessante, tanto pelas viagens, pelas experiências da protagonista, quanto pelas referências que você cita. Fiquei surpresa!
    Boa semana. Abraços

  25. Avatar

    Patrícia Veludo

    23 de maio de 2021

    Nunca li nenhum livro da Gayle Forman mas confesso que depois de ler a sua resenha fiquei bem curiosa. Vou tentar encontrar esse título aqui em Portugal.

  26. Avatar

    Lucimar da Silva Moreira

    22 de maio de 2021

    Histórias que envolva viagens são tão bom, principalmente pela Europa, que coragem da Allyson aceitar um convite de um estranho, ela foi corajosa. Qando um relacionamento acaba dói muito , mais sempre é preciso superar essa fase, ainda não li nenhum livro da autora, mais gostei muito da sua resenha bjs.