Resenha: Hora Morta-Anne Cassidy

Oi gente, como vocês estão? A pilha de livros aqui em casa só aumenta. Além dos que recebi das editoras parceiras o Shopping da minha cidade está com uma feira onde tem títulos a R$ 10,00. Trouxe três pra casa (depois mostro nos stories @corujageek). A indicação de hoje é para aqueles que gostam de suspense tanto quanto eu. Hora Morta – The murder notebooks é uma trilogia da autora Anne Cassidy e publicada pela Rocco.

Muitos parceiros/blogueiros preferem lançamentos ou livros que estão em “alta”. Mas como sempre gosto de olhar o catálogo das editoras não foi diferente com a Rocco. Buscando na sessão “Suspense” encontrei a sinopse de A morte de Rachel (volume 2 de Hora Morta) mas não sabia que era trilogia. Fiquei tão curiosa que fui atrás dos outros livros. Nem preciso dizer que essa capa com a borboleta azul me ganharam.

Hora Morta
A história

Hora Morta tem 320 páginas longo para uns curto para outros. Tudo depende do quanto a história te prende. A história traz algumas passagens de tempo então é preciso atenção para não se perder em meio aos acontecimentos. Já ia me esquecendo Hora Morta se passa na Inglaterra. São mencionados vários bairros/cidades então é bem legal acompanhar a história com um mapa. Uma das cidades mencionadas é Newcastle no norte da Inglaterra divisa com a Escócia.

Rose é filha de Kathy. Josh é filho de Brendan. Ambos policiais que decidiram morar juntos 8 anos atrás. Agora Rose e Josh são irmãos adotivos. Seus pais sumiram 5 anos antes quando foram jantar uma noite no Lua Toscana. Nunca mais foram vistos. Mesmo com as investigações, depoimentos de testemunhas, e tudo o que estava ao alcance ser feito pela polícia nada foi descoberto.

Hora Morta

“Era imenso. Havia anjos de pedra e estátuas de monges e santos, suas cabeças curvadas em oração. Por entre os tons de cinza e preto, havia salpicos brilhantes de cor onde flores e coroas quebravam as linhas e ângulos das sepulturas.”

Rose e Josh foram separados. Ele foi morar com seu tio e ela morar com sua avó que a mandou estudar num colégio interno. Após 5 anos sem nenhuma novidade no caso Josh começa a se corresponder com Rose. Que saiu do colégio interno e agora mora com sua avó com quem tem uma relação bem difícil.

Hora Morta

A história começa justamente quando eles vão se encontrar após esses 5 anos sem contato algum… sem e-mails, telefonemas e muito menos visitas. Enquanto Rose já se conformou com a versão contada pela polícia e acredita que seus pais estão mortos, Josh agora na faculdade mais maduro tem certeza e ferramentas para buscar a “verdade”.

“O céu estava escurecendo e grupos de pessoas voltavam em direção ao portão. Ela olhou para a portaria e viu uma placa que dizia: ‘Portões Fechados às 18h30’. Embaixo, na parede de tijolos, alguém tinha escrito em grafite: Hora Morta.”

Quem já assistiu PLL? Elite? Ou mesmo algumas séries europeias sobre crimes nesse universo “high school“? Quem nunca quis ser amiga da Aria, da Spencer, da Emily e da Hanna e desvendar o desaparecimento da Alison? Sabe aquela sensação de sempre ter alguém nos seguindo ou vigiando? Pois é, durante a leitura senti um friozinho na barriga.

O mais interessante é que durante a história vão surgindo outros acontecimentos que você pensa que não têm nada a ver uns com os outros mas quando percebe tudo está ligado. Como num filme que você vê um carro passando pela rua na primeira cena e no final entende porque ele estava ali.

Hora Morta
Os personagens

Apesar de ser high school não aparecem muitos personagens pelo menos não nesse primeiro livro. Há quatro núcleos recorrentes a casa da avó de Rose (Anna), a escola, o apartamento de Skeggsie (amigo com quem Josh mora) e a estação de trem (que na minha opinião quase rouba o lugar da protagonista haha). Lendo vocês entenderão.

Rose. Poderia dizer que ela é antissocial? Talvez. Mas depois de tudo o que passou e ainda ser enviada para um colégio interno deve ter sido muito difícil. Ela é inteligente como a Spencer (PLL) mas diferente com relação a aparecer. Prefere o anônimato. Sabe aquelas pessoas que sabem que são inteligente mas não precisam se gabar disso? Rose é assim.

“Rose sentiu um nó na garganta. Desviou o olhar da tela e se concentrou no perfil de Joshua. Os olhos dele estavam fixos nas imagens, o maxilar e o pescoço tensos.”

Josh é aquela pessoa curiosa, sempre em busca da verdade e nunca se deixa vencer pelos obstáculos. Se houver uma pontinha de esperança lá está ele lutando pelo que quer. Ele não é de muitos amigos mas valoriza sua amizade com Skeggsie com divide apartamento a algum tempo.

Hora Morta

Skeggsie é o típico nerd. Óculos, livros e computador. Prefere sempre ficar em casa estudando, mexendo no computador do que ter contato social. Acredita que não tem muito trato com as pessoas haha

Personagem preferido? Emma. Apesar do jeito antissocial de Rose e sua atitude de tentar afastar todos que tentam se aproximar Emma conseguiu vê-la como era de verdade e quis ser sua amiga.

“Rose se deitou no travesseiro. O laptop correu para o lado. Por que eles tinham dez notas de cinquenta libras no estojo de óculos? Por que estavam tão tristes durante a refeição?”

Hora morta é um livro muito rico e cheio de detalhes. Se tornaria fácil episódio de uma série. A passagem de tempo que comentei ali em cima acontece sempre na mente de Rose. Então quando ela está na escola, no quarto, na estação de trem recorda acontecimentos passados. É assim que nos inteiramos de todo o contexto.

Foi minha primeira experiência com a autora e gostei muito. Como é uma trilogia o final ficou em suspenso como o último episódio da temporada. Espero ler A morte de Rachel logo e saber se Rose e Josh descobriram mais alguma coisa sobre o desaparecimento dos seus pais.

Hora Morta

A edição como já comentei está simplesmente linda. AMO borboletas e esse tom de azul me deixou fascinada. As páginas são amarelas e o tamanho do livro é pequeno e confortável para segurar. Uma excelente leitura para quem gosta de suspense.

Curiosidades sobre Rose Smith
  • ela é blogueira (isso mesmo! seu blog se chama Morpho)
  • ela tem uma tatoo :O advinha do que?
  • ela gosta de tomar café sem açúcar
  • ela nunca beijou um garoto
  • ela mora em Londres
Hora Morta

Bom, feliz é pouco para demonstrar minha reação ao feedback de vocês com a resenha do livro Tons de Rosa. Não tinha ideia que tantas pessoas iriam se identificar com a história. Obrigada quem comentou, quem mandou direct e quem elogiou as fotos. Em breve teremos um post sobre edição ok?

Espero que tenham gostado da indicação de hoje. Conheciam a autora? Já leram algum título da Rocco? Deixe seu comentário 🙂

Até o próximo post, Érika ♡

Nos acompanhe nas redes sociais:
Facebook ♡ Instagram ♡ Twitter ♡ Pinterest

Loading Facebook Comments ...

5 Comments

  1. Avatar
    Ana Caroline Santos 05/05/2019 at 21:28

    Olá, tudo bem? Ah que indicação maravilhosa. Suspense é um gênero que venho me arriscando maiormente, e sua resenha me deixou bem curiosa com o mesmo. Adorei <3 E realmente, também gosto muita de coisas com borboletas, e seria algo que me chamaria atenção também.
    Beijos,
    Leituras Diárias

  2. Avatar
    Debora Sapphire 29/04/2019 at 14:59

    Eu gostei muito da indicação de hoje! Eu já li alguns títulos da Rocco sim, mas foram poucos e eu não me lembro agora quais. Ótima resenha! E apesar de ser um livro com uma pegada high school, que não me aventuro muito em ler, achei o enredo interessante. Fiquei curiosa a respeito das séries que citou também, pois não me recordo de já ter assistido alguma.

  3. Avatar
    Carol Cavalcanti 29/04/2019 at 12:41

    Entendo perfeitamente essa pilha que não pára de crescer rsrs. Aqui na minha cidade também tem dessas feiras em shoppings e eu vivo me perdendo por lá…
    Sobre o livro, ainda não conhecia, mas o tema me interessa bastante. Vou ver se consigo ler em breve!

    Beijos

  4. Avatar
    Larissa Dutra 26/04/2019 at 16:50

    Olá, tudo bem? Já vi os livros dessa autora diversas vezes por aí, mas não sabia do que se tratavam; depois de ler tua resenha confesso que fiquei louca para ler a obra, que parece ser bem instigante. Adorei a dica!

    Bjos

  5. Avatar
    Joana Darc 25/04/2019 at 08:58

    oi!
    Eu adorei o livro a historia é bem interessante e misteriosa.Achei bem legal sua resenha 😉

Deixe um comentário