Diário de Viagem: você precisa conhecer Passo Fundo-RS

Oi gente, tudo bem? Estão aproveitando as férias ou já voltaram ao trabalho? Por aqui a correria continua. Separando e editando fotos da viagem para mostrar tudinho aqui no blog. Depois de passar pela Serra do Rio do Rastro, Lauro Müller, Bom Jardim da Serra, Urubici e São Joaquim chegamos ao Rio Grande do Sul. No post de hoje vou mostrar porque você precisa conhecer Passo Fundo-RS.

Foi minha primeira vez no Rio Grande do Sul mas já na estrada me senti em casa. As paisagens em alguns momentos são bem parecidas com as do Paraná e isso aqueceu meu coração. Plantações de soja, de milho, além da famosa terra vermelha. Algo que me chamou atenção é que quanto mais vamos para o interior mais a mata é fechada. Outra coisa que me chamou atenção foi ter extração de minério no meio do caminho semelhante MG.

Passo Fund-RS
Vista do 13º andar Hotel Ibis
Porque escolhemos Passo Fundo?

Primeiro porque é considerada a Capital Nacional da Literatura. Como isso aconteceu? Passo Fundo realiza a cada dois anos a Jornada Nacional de Literatura e em 2006 foi sancionada a Lei 11.264 dando à cidade esse título. Alguns moradores nos contaram sobre o evento, sobre a construção do Monumento à Literatura e como se sentem orgulhosos por morarem nesta cidade.

Passo Fundo tem aproximadamente 200.000 habitantes e sua infraestrutura é semelhante de cidades como Londrina-PR e Uberaba-MG. Sabe aquelas cidades que são grandes, organizadas, cheias de prédio mas não perdem o ar de cidade do interior? Pois é, a cidade tem um clima muito bom. Ainda na estrada quando nos aproximamos dá impressão de ser Londrina ou Campo Grande é uma sensação tão gostosa. Assim como em Lauro Müller ficamos lá 2 dias.

Passo Fundo-RS
Amor por essas ruas =)
Pontos Turísticos

Assim como Curitiba, Passo Fundo transpira cultura. A cidade possui 5 museus (será preciso mais de 2 dias pra conhecer todos 🙂 ), teatro, monumentos históricos e muitos lugares incríveis para visitar e fotografar como o Parque da Gare.

Nós passeamos a pé, em alguns lugares fomos de carro, pedimos muitas informações, usamos o tio Google foi um passeio bem legal e uma cidade que quero voltar em breve.

Passo Fundo-RS

Praça Marechal Floriano

Essa praça fica no centro da cidade e foi o primeiro lugar que visitamos. Primeiro porque me chamou atenção ter uma cuia logo no centro. Meu namorado é gaúcho, curte chimarrão e também estava curioso pra conhecer. A “Cuia de Passo Fundo” é o símbolo oficial da cidade foi doada em 1957 pelo governador de São Paulo como presente pelos 100 anos da cidade. A praça é bem tranquila, arborizada, é possível ficar horas num banquinho observando o tempo ou conversando.

Passo Fundo-RS

Catedral Nossa Senhora Aparecida

Geralmente as igrejas são construídas no meio de uma praça, é imponente e fica visível de vários pontos da cidade. Certo? Talvez. Em Passo Fundo é diferente. A nova Catedral construída em 1950 está ao lado de lojas como se fizesse parte da rua (pela imagem vocês irão compreender). Se não fosse sua incrível arquitetura passaríamos sem percebê-la. Algo que chamou minha atenção é que mesmo sendo no centro da cidade quando entramos sentimos uma paz tão grande, um silêncio. Outra coisa que chamou atenção foi o chão é muito lindo, feito de mármore.

Passo Fundo-RSPasso Fundo-RS
Moinho

Se você curte construções antigas e com história pra contar o Moinho é o lugar certo. O prédio é da década de 1930. Antigamente era usado para processar farinha, como a linha de trem ficava próxima facilitava o transporte. Foi tombado como Patrimônio Histórico e hoje é usado como casa noturna abrindo todos os sábados.

Passo Fundo-RS

Monumento à Literatura

Por último mas não menos importante o Monumento à Literatura. Como disse ali em cima Passo Fundo se tornou a Capital Nacional da Literatura. Para celebrar esse evento foi erguida em 2008 a Árvore das Letras que fica na Praça Armando Sbeghen. O lugar conta com estrutura toda voltada pra quem gosta de ler. Tem quiosque com livros, túneis em metal (semelhante os de Curitiba) com textos literários, acesso à internet, bancos pra sentar, enfim, é um lugar que podemos passar horas. Você pode levar seus livros e apreciar a tranquilidade e ainda fazer amizades.

Passo Fundo-RS

Onde se hospedar?

Como já havia me hospedado no Hotel Ibis alguns anos atrás e conhecia o jeito deles trabalharem optamos por ele novamente. Ele fica localizado no centro da cidade então ficou muito mais fácil ir a pé a todos os lugares.

Ficamos no 7º andar e foi a melhor coisa que fizemos. Que vista é aquela? Apesar de amarmos nosso quarto ficamos ainda mais admirados com a vista do andar que é servido o café da manhã. É quase possível ter uma visão 360º da cidade. E esse céu? Me lembrou mais uma vez Londrina 

Passo Fundo-RS

Onde comer?

O Hotel fica próximo ao Shopping Bella Città. Tem várias lojas que não tem aqui em Santa Catarina (ou na minha cidade) inclusive a Livraria Nobel. Foi minha primeira vez e gostei muito do atendimento deles. Trouxe pra casa alguns livros da Agahta Christie 

Depois de passear, conhecer o Shopping, fomos na Toca do Açaí. Meu namorado ama Açaí na tigela com frutas, cereais e mel. Em Uberaba tinha uns três lugares que serviam porém a quantidade era menor então eu conseguia comer sozinha haha Dessa vez optei por um lanche salgado e suco 🙂

Passo Fundo-RS

Bom gente, não consigo traduzir em palavras o quanto amei conhecer Passo Fundo. Foi uma experiência incrível. Se dependesse de mim teria ficado a semana inteira haha E ainda não teria dado tempo para conhecer todos os pontos turísticos da minha lista.

Passo Fundo-RS
Cidade Florida ♥

Espero que tenham gostado do post, das dicas, e quem já esteve lá conta como foi a experiência nos comentários. Vou adorar saber sua opinião 😉

Leia também: 5 dicas pra quem está pensando em viajar

Até o próximo destino! Érika 

Acompanhe também nas redes sociais:
Facebook ♥ Instagram ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥ G+

Você pode gostar ♥
Loading Facebook Comments ...

10 Comments

  1. Aline Amorim 26/01/2018 at 10:27

    Ainda não conheço o sul, mas visitar cidades que dá para fazer atividades culturais é meu tipo de viagem preferido!
    As fotos ficaram lindas e deu muita vontade de conhecer Passo Fundo!
    Beijos

  2. Luisa Lopes 23/01/2018 at 09:03

    Só pelas fotos já dá pra ver que Passo Fundo é muito linda. Eu nunca tive curiosidade em conhecer o Sul, para falar a verdade, talvez seja até por um pouco de preconceito.
    Mas agora até me deu uma vontade.

    http://www.degradeinvisivel.com.br

  3. Adriana Cardoso 22/01/2018 at 19:23

    Oi Érika!!
    Que fotos incríveis, me deu até uma vontade de pegar minhas coisas e viajar rs
    Eu não sabia que a cidade era a capital nacional da literatura, então isso só me fez mais vontade de ir conhecer. Fora que a cidade parece ser linda e encantadora.
    Obrigada por compartilhar conosco sua viagem.
    Bjs

  4. Diego França 22/01/2018 at 13:22

    Oi, Erika!
    Menina você sempre me fazendo sair de casa sem arredar os pés do sofá com esses lugares lindos.
    Sempre que venho aqui (infelizmente já tem um tempinho que não venho) encontro fotos lindas de lugares lindos.
    Que lugarzinho lindo, cheio de verde e flores! É muito colorido, parece tão aconchegante! E não sabia que era considerada a capital da literatura. Já quero ir me inspirar.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida Letras
    http://www.blogvidaeletras.blogspot.com
    ~Me siga também no instagram: @vidaeletras

  5. Renata 22/01/2018 at 12:48

    Oi Érika!
    Você já me convenceu a incluir Passo Fundo na lista de viagens quando disse que ela é a Capital Nacional da Literatura, depois, com as outras maravilhas (Adoro museus! ehehe) eu só fiquei com mais e mais vontade.
    Tem muitos lugares no sul que quero conhecer, conheço só um cadinho do Paraná e quero muito passar um tempo conhecendo mais.
    Uma coisa que você disse e que super me agradou é esse aspecto de cidade pequena em cidade grande, adoro isso, de verdade. Costumamos dizer que Beagá é uma roça grande, então, você imagina o que quero dizer… ehehe Só está faltando ser muito arborizada, tadinha!
    Amei o post e as fotos, lindas (como sempre) e agora na hora do almoço, aguei nesses lanchinhos do Ibis! ehehe
    xoxo

  6. Jessica Bottari 22/01/2018 at 10:17

    Só pelo título da cidade (Capital Nacional da Literatura) eu já fiquei interessada em visitar. Nunca ouvi falar dela, mas parece ser um ótimo local para visitar, especialmente por esse estilo de interior que você falou. Eu só fui para Rio Grande do Sul uma vez, mas fui direto para Gramado – que também é lindo.

  7. Marcinha Nunes 21/01/2018 at 08:41

    Que passeio interessante adorei a forma como você conta em detalhes tudo que vivenciou por lá inclusive o que comeu haha adoro essas árvores bem floridas deixam a paisagem maravilhosa…espero algum dia conhecer o sul mas já estou grata por poder ver um pouco antes disso bjs

  8. Luana Souza 21/01/2018 at 01:43

    Já disse que amo suas fotos de viagem, né?! <3
    Logo fiquei com vontade de conhecer a cidade por ser esse centro histórico da literatura. Eu amo ler, como você bem sabe, e riria amar passear pelas livrarias dessa cidade *-* Aaah, mas eu também ia dar uma turista e conhecer pontos turísticos hehe. Parece ser uma cidade muito acolhedora! Ah, e a arquitetura é linda!
    Beijos :*

  9. Maísa Rodriguês 18/01/2018 at 19:01

    Olá, td bom?
    Eu nunca sai do estado de SP. Mas sempre quis viajar assim. Achei esse lugar mais do que lindo e aconchegante ♥ Adorei as fotos e as flores ali hehehe Capital da literatura? Essa é nova para mim. Achei bem interessante ^^
    bjs

  10. Shell 18/01/2018 at 16:43

    Obrigada pelo passeio! Já estava com saudades do Rio Grande!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.